A paixão que impulsiona X O amor que raciocina

Claudinei e Cléia encontraram na razão a felicidade amorosa



Por Por Kelly Lopes / Fotos: Cedidas

A paixão é um sentimento avassalador e que cega a razão. Ela faz com que muitas pessoas tomem atitudes inconsequentes e até precipitadas. Para algumas, todo esse sentimento é maravilhoso, até a hora que o fogo da paixão acaba e tudo passa a dar errado.

Foi o que aconteceu com o casal Claudinei Souza do Carmo (foto acima), de 38 anos, e Cléia Frota de Souza, de 32 anos. Na época, bastaram algumas longas horas de conversa para que o empreendedor e a representante de vendas, que se conheceram em um parque de diversões, se apaixonassem.

Impulsionados pelo sentimento, 15 dias depois do primeiro encontro, o casal decidiu morar junto. No começo tudo ia bem com eles, apesar da dificuldade financeira que enfrentavam. Mas logo a paixão esfriou e deu lugar aos conflitos que cada um trazia consigo.

Cléia, por exemplo, confessa que era muito nervosa e que já tinha tido problemas nos relacionamentos anteriores em decorrência disso. “As brigas com o Claudinei eram constantes e quase sempre motivadas pelo ciúme dele, o que me deixava ainda mais nervosa. Chegamos a passar madrugadas inteiras discutindo e a nos separar três vezes. E, de tanto ele insistir, eu acabava voltando e tudo se repetia. Era um inferno”, se recorda.

Já Claudinei reconhece que era inseguro. “Dentro de mim havia muita insegurança e era isso que gerava o ciúme. As brigas eram por motivos bobos e pela dificuldade financeira. Chegamos a morar de favor e eu não conseguia manter a casa nem dar o melhor para a Cléia. Tudo isso me fazia inseguro”, comenta o empreendedor.

Foi nesse cenário de brigas, ciúme e separações que Claudinei recebeu um convite de um amigo que conhecia a situação do casal para participar das palestras da “Terapia do Amor”.

“Quando cheguei na ‘Terapia do Amor’ recebi a orientação de que precisava mudar o que havia dentro de mim, já que a raiz dos problemas era a insegurança, e aos poucos fui me tornando seguro, compreensivo e calmo. Aprendi que o amor inteligente raciocina, diferentemente da paixão que só quer agir independentemente dos resultados. Superei os conflitos internos e passei a lutar pelo meu relacionamento.”

O exemplo e a mudança

Claudinei passou a frequentar as palestras sozinho e procurou colocar tudo o que aprendia em prática. Cléia começou a notar a mudança no comportamento do companheiro, que já não era ciumento, e, a convite dele, decidiu participar das palestras com ele.

“Era a minha vez de mudar. O nervosismo e o temperamento forte foram dominados, passei a respeitá-lo e, a partir daí, tudo se transformou”, afirma Cléia.

Com o pensamento de um fazer ao outro feliz, eles decidiram oficializar a união, dessa vez dirigidos pela razão, característica do amor inteligente. O casal subiu ao altar da Universal da Av. Tancredo Neves, s/n, Machadinho d’Oeste (RO), para a cerimônia no dia 12 de outubro deste ano.

Cléia conta que foi um momento especial para os dois. “Foi a realização de um sonho que cheguei a acreditar que nunca aconteceria. Quando trocamos as alianças, a felicidade e bênção foram completas”, finalizou.

Para saber mais como resolver os problemas da
vida amorosa, participe das palestras da Terapia do Amor, todas às
quintas-feiras, em uma
Universal
mais próxima
de
você. A cada palestra, casais, noivos, namorados e solteiros aprendem sobre o
amor inteligente e como desenvolver o relacionamento a dois.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

A paixão que impulsiona X O amor que raciocina

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games