As pessoas que aceitem o meu jeito!

As mulheres dizem que têm personalidade forte, impõem isso às pessoas amadas e tornam a vida delas um tormento, em vez de buscar uma mudança



Por Por Michele Francisco / Foto: Fotolia

Muitas mulheres dizem “eu nasci assim e vou morrer assim”. Mas será que a personalidade delas de fato é imutável? Ou na realidade estão justificando um erro para serem aceitas da forma que são?

A psicóloga Elaine Mardegan explica que personalidade é a maneira como uma pessoa pensa, sente e se comporta, ou seja, ela define a pessoa e a maneira como ela interage com o mundo. “Todo tipo de personalidade tem seus pontos fortes e fracos. Contudo, ela está sempre mudando e evoluindo. Por isso, está descartada a ideia de que ela seja imutável.”

Repare no seu comportamento: em alguns momentos sua personalidade é de uma mulher simpática, carinhosa; em outros, mal-humorada, ansiosa. Você está sempre mudando, dependendo da situação. Há também aqueles dias do mês em que algumas mulheres ficam mais sensíveis, choronas, irritadas. Isso, porém, não faz parte delas, é apenas consequência de mudanças hormonais.

Em seu blog, a escritora Cristiane Cardoso fala das constantes mudanças na personalidade das mulheres: “A nossa personalidade muda muito. Na realidade, muitas mulheres pensam que o temperamento forte faz parte delas e quem quiser estar ao lado delas tem que se acostumar com suas grosserias. Reconheçamos os fatos: aquilo que pensamos que faz parte da nossa personalidade, mas que faz mal aos nossos relacionamentos, precisa ser identificado e removido.”

Cristiane destaca que não é fácil admitir nem lidar com alguns pontos da nossa personalidade. E completa dizendo: “lembra do apóstolo Pedro? Ele era tão ousado, sempre sobressaía entre os discípulos, mas sua ousadia virou covardia no momento que se encontrou numa situação de vida ou morte e negou sua fé três vezes. Aquela personalidade forte de Pedro foi por água abaixo em poucos minutos.Temos que parar de ficar nos baseando num tipo de personalidade e reconhecer que somos imperfeitas e precisamos nos aperfeiçoar constantemente”.

Não se rotule

Para a psicóloga, a pessoa precisa tomar consciência das suas deficiências e querer mudar. “Se concentre em um aspecto de si mesma e se proponha a fazê-lo sistematicamente, haverá maiores chances para a mudança nesse domínio. É importante também parar de se rotular. Se você, por exemplo, se rotula como ‘uma pessoa ruim’, é mais provável que aja desse jeito. Mude esse conceito de si mesma. Esta é uma oportunidade para novos comportamentos. Não deixe a rigidez ou o medo sufocarem seu crescimento.”

Proponha começar essa mudança em você hoje mesmo, se desafie. Se o seu marido reclama que você não é carinhosa, aprenda a ser. Sua mãe reclama que você só liga para ela quando precisa, aprenda a ser atenciosa. Enfim, veja o que pode aperfeiçoar na sua personalidade e você será uma mulher muito melhor e feliz.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

As pessoas que aceitem o meu jeito!

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games