“A minha vida foi destruída pelo álcool”

Confira a história de Ulisses Correa, que, por meio da fé, conquistou a libertação e a restauração de sua família



Por Por Maiara Máximo / Foto: Vitor Lemos

O publicitário Ulisses Correa Leal Neto, de 45 anos, sabe bem o que é ter uma família totalmente destruída pelo vício e pelas traições.

Casado com Rosana Miranda Costa Leal, de 44 anos, ele já a traía desde o período do namoro. Após o casamento, a situação se agravou: além das traições, ele passou a ser dependente de álcool. “A minha vida foi destruída pelo álcool. Quando bebia, tentava matar a minha esposa e a minha filha, pois não aceitava que ela implicasse com as minhas amantes. Numa dessas tentativas ela me expulsou de casa.”

Após a separação, Ulisses foi morar sozinho e achava que aquilo era a melhor atitude que havia tomado, mas ele lembra que a sensação momentânea de liberdade logo se transformou no seu tormento. “Por conta do vício, eu não conseguia cumprir os horários e os compromissos de trabalho. Fui demitido e nem o dinheiro para pagar o aluguel eu tinha. Foi quando entrei em depressão.”

Fundo do poço

Desesperado com as dívidas e a solidão, Ulisses tentou o suicídio duas vezes. Na primeira estava embriagado e entrou na frente de um caminhão, que por um milagre desviou dele. Na segunda, também bêbado, tentou se enforcar com as cordas de uma rede de balanço. Foi socorrido por um vizinho que bateu na porta da sua casa e pela brecha da janela viu Ulisses pendurado. O rapaz chamou colegas que arrombaram a porta e o socorreram.

Já de alta em casa, Ulisses ligou a TV e começou a assistir a um programa da Universal na madrugada. “Parecia que o pastor estava falando comigo e resolvi ir à Igreja. A sensação que tive foi de que um fardo tinha saído das minhas costas.”

A transformação

Ulisses começou a frequentar as reuniões e logo se livrou do vício e do desejo de trair. Após um ano e meio separado, resolveu lutar pela família. A esposa deu a ele um voto de confiança, mas não queria ir à Igreja com ele, que não insistia. “Num dia de muita chuva faltou luz em casa e eu avisei a ela que iria à igreja. Ela perguntou se eu a deixaria sozinha em casa, com o nosso bebê e eu disse que sim. Fui a pé, na chuva. Quando voltei, ela disse que queria ir, pois lá só poderia ter algo muito forte para que eu a deixasse sozinha naquela noite.”

De lá para cá, já são 15 anos que o casal frequenta a Universal. Hoje, com 22 anos de casamento, três filhos e uma vida totalmente transformada, ele e a família podem dizer que encontraram a paz em todas as áreas.

Está passando por problemas de ordem
espiritual? Saiba como livrar-se deles participando todas as sextas-feiras da
Reunião de Libertação na Universal. Os
horários das reuniões podem variar de um lugar a outro. Acesse
www.universal.org/enderecos e
encontre uma Universal mais próxima de você para participar.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

“A minha vida foi destruída pelo álcool”

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

[recaptcha]

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games