O Templo de Salomão

Por Por Katherine Rivas / Foto: Marcelo Alves

Localizado no Brás, bairro central paulista, o Templo de Salomão, que completa três anos no dia 31 de julho, recebe, por semana, cerca de 100 mil pessoas.

O Santuário conta com diversas reuniões para o fortalecimento espiritual, além de palestras para o sucesso e mudança da vida financeira, amorosa, familiar e tratamentos para a cura. E, enquanto os adultos permanecem nas reuniões, as crianças são encaminhadas à Escola Bíblica Infantojuvenil, um espaço reservado para elas.

No local, também é possível participar do Curso para Casais e do Projeto Intellimen, Encontro de Mulheres, palestra Transformação Total de Pais & Filhos, Estudo do Apocalipse e a Escola de Princesas, do Gollywood School.

Aberto para todos

Com tradução para quatro línguas, incluindo hebraico além de libras, o Templo de Salomão está aberto para todos, independentemente de credo, cultura ou raça. “O Templo está aberto a todas as pessoas que procuram um encontro real com o Deus de Israel”, afirma o pastor David Roitberg.

Mudança de vida

Para milhares de pessoas, o Templo tem sido fonte de transformação e renovação da fé. Simone Cunha (foto acima), cabeleireira e dona de um salão de beleza, vivenciou isso. Ela frequentava a Universal, mas era refém do trabalho e das preocupações do dia a dia. Não entendia o real sentido da comunhão com Deus. “Eu comecei a frequentar a Universal no Brás uns três anos antes do Templo de Salomão ser inaugurado. No início eu estava endividada e com muitos problemas, além de brigar muito com meu esposo. Eu fui abençoada, mas deixei de ir durante um ano e voltei a ficar fraca na fé e fragilizada. Foi quando inauguraram o Templo, fiz uma visita e lembrei das promessas de Deus. Decidi voltar e tudo mudou. Pude entender que longe da casa de Deus não somos nada”, conta.

Simone abriu mão do cansaço e de algumas horas de trabalho para estar no Templo. Abandonou os sentimentos de mágoa e vingança que tinha e aprendeu sobre perdão. O marido também começou a frequentar o Templo e hoje eles participam das reuniões juntos. “Com as reuniões é possível ter a direção para mudar de vida” conclui Simone.

A reverência

Nesses três anos, as regras não mudaram. A vestimenta precisa ser discreta, evitando-se minissaias, bermudas, chinelos, camisetas sem manga ou com temas políticos e esportivos. A reverência vale para a parte interna do Templo. É proibida também a entrada de qualquer aparelho de áudio, celulares e câmeras.

Durante as programações, a regra principal é o silêncio e a pontualidade.

A Terra Santa no Brasil

Além das reuniões, estudos e cursos, os membros e visitantes podem fazer o passeio pelo Jardim Bíblico. “O turismo não era o foco, no entanto, este viés ajudou as pessoas a entenderem o que ele representa espiritualmente”, conta o pastor Roitberg.

Se você deseja viver uma experiência inesquecível, agende um passeio pelo telefone (11) 3573-3535. Saiba mais em jardimbiblico.com.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

O Templo de Salomão

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games