Como ficar livre da tensão pré-menstrual?

Dores de cabeça, inchaço e irritabilidade são alguns sintomas comuns nesse período. Saiba como diminuir os incômodos



Por Por Sara Oliveira e Rê Campbell / Fotos: Fotolia

Ela dura de três a dez dias, mas esse tempo pode parecer uma verdadeira eternidade. Quando chega, a irritação vem junto sem ser convidada, a tristeza surge de forma repentina e até a lágrima escorre no rosto sem motivo.

A temida tensão pré- menstrual (TPM) surge com um turbilhão de sintomas, que podem variar de uma mulher para outra. Mas, antes de achar que ela é uma vilã, confira como amenizar os incômodos e evitar prejuízos na sua rotina.

Cerca de 75% das mulheres em idade fértil têm TPM, segundo estatísticas médicas. A ginecologista Mayara Musarra, da rede de centros médicos dr.consulta, esclarece que o quadro se dá pelas oscilações hormonais do período menstrual e lista alguns sinais. “Os mais comuns relatados incluem irritabilidade, depressão, ansiedade, aumento de apetite com desejos específicos por determinados alimentos, fadiga, dificuldade de concentração, dores mamárias, aumento de volume abdominal e inchaços nas pernas.”

Ela explica que as causas orgânicas se relacionam com as alterações na emissão de neurotransmissores, substâncias que agem no nosso sistema nervoso e permitem a comunicação entre as várias regiões cerebrais. “A serotonina é um dos mais importantes neurotransmissores nesses casos. Alguns medicamentos, sedentarismo e alimentação são fatores que agravam os incômodos, por exemplo”, completa.

Tratamentos

A endocrinologista Dolores Perovano Pardini, presidente do Departamento de Endocrinologia Feminina e Andrologia da Sociedade Brasileira de Endrocrinologia e Metabologia (SBEM), esclarece que existem tratamentos possíveis para amenizar os sintomas que tanto atrapalham as mulheres todos os meses.

“O tratamento é muito variável e depende de cada um dos sintomas. Mulheres com queixas apenas físicas, como inchaço, podem usar diuréticos. Outras com poucas alterações no humor podem fazer uso de anticoncepcionais, que ajudam a regular o nível do hormônio progesterona. Alguns estudos mostram que mulheres com deficiência de vitamina D têm mais TPM, por isso a suplementação pode ser recomendada”, explica a médica.

Invista na mudança

Algumas atitudes simples no dia a dia podem aliviar a intensidade desses sintomas, que são mais comuns na segunda metade do ciclo menstrual. “Servem como dica para alívio e melhora dos sintomas: exercícios físicos, alimentação saudável e sono regular”, sugere a ginecologista. Manter uma dieta equilibrada inclui evitar alimentos gordurosos, ricos em açúcar e com alto teor de sódio, como comidas industrializadas. Invista no consumo de oleaginosas, cereais, frutas e verduras com casca. Esses alimentos contribuem para a produção de serotonina, que ajudam na manutenção do humor.

Casos graves
Para boa parte das mulheres, os sintomas surgem de forma leve ou moderada. Para outras, as alterações podem ocorrer de forma bem intensa. “A forma mais severa de síndrome pré-menstrual é chamada tecnicamente de Transtorno Disfórico Pré-menstrual (TDPM) e é caracterizada pelos mesmos sintomas descritos anteriormente, mas com maior intensidade e que resulta na piora do desempenho social e até profissional, alterando a qualidade de vida da mulher”, salienta a médica ginecologista.

Vale lembrar sempre que é indispensável procurar orientação médica, para que o diagnóstico correto e preciso seja realizado. Não deixe de cuidar do seu bem-estar e, principalmente, da sua saúde.

ler mais
Reportar erro

comentários

Comunicar erro

Comunique à Redação erros de português, de informação ou técnicos encontrados nesta página:

Como ficar livre da tensão pré-menstrual?

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Fake news

Você sabe de alguma notícia falsa que tem circulado na internet sobre a igreja Universal? Relate aqui o caso que iremos trazer toda a verdade no site Mitos e Verdades

Formulário de Denúncia

Obs.: Link e título da página são enviados automaticamente


Expediente

Editora Executiva:

Cinthia Meibach

Coordenadora de Conteúdo:

Ivonete Soares

Repórteres:

Andre Batista, Daniel Cruz, Débora Picelli, Jeane Vidal, Michele Roza, Rafaella Rizzo, Sabrina Marques, Rafaela Dias



E-mail para Contato: redacao@sp.universal.org.br

Telefone:(11) 2392-3372

Endereço Rua João Boemer, 254 - Brás, São Paulo

Cep: 03018-000

Free WordPress Themes, Free Android Games