Rede aleluia
São Paulo
Centro-Oeste
Distrito Federal
Brasília
Goiás
AnápolisGoiânia
Mato Grosso
Cuiabá
Mato Grosso do Sul
Campo Grande
Nordeste
Alagoas
Maceió
Bahia
Feira de SantanaIlhéusItabunaSalvador
Ceará
Fortaleza
Maranhão
São Luís
Paraíba
João Pessoa
Pernambuco
Recife
Piauí
Teresina
Rio Grande do Norte
Natal
Sergipe
Aracaju
Norte
Acre
Rio Branco
Amapá
Macapá
Amazonas
Manaus
Pará
Belém
Rondônia
Porto Velho
Roraima
Boa Vista
Tocantins
Palmas
Sudeste
Espírito Santo
Vitória
Minas Gerais
Belo HorizonteJuiz de ForaUberlândia
Rio de Janeiro
Angra dos ReisBarra MansaCabo FrioCampos dos GoytacazesMacaéRio de JaneiroVolta Redonda
São Paulo
AraçatubaAraraquaraBauruCampinasCatanduvaFrancaJaúJundiaíLimeiraMaríliaPiracicabaPresidente PrudenteRibeirão PretoSantosSão CarlosSão João da Boa VistaSão José do Rio PretoSão José dos CamposSão PauloSorocabaTaubatéVotuporanga
Sul
Paraná
CascavelCuritibaFoz do IguaçuLondrinaMaringáPonta Grossa
Rio Grande do Sul
PelotasPorto AlegreRio GrandeSanta Maria
Santa Catarina
BlumenauCriciúmaFlorianópolis

Bispo Macedo | 8 de outubro de 2019 - 00:01


Alma e espírito

O primeiro homem, Adão, foi criado por Deus. O último Adão, Jesus, foi nascido de Deus.

Enquanto a pessoa não nascer do Espírito Santo, seja ou não cristã, continuará sendo apenas criatura, cuja natureza é terrena. Isto é, alma vivente e sujeita aos caprichos do coração enganador. Seus sentimentos sempre falarão mais forte do que a razão.

Não importa se é inteligente e capaz, suas escolhas sempre serão influenciadas pelos sentimentos, o que implica resultados negativos.

Mas, ao ser gerada pelo Espírito Santo, sua natureza se torna espiritual. É espírito. Perde a natureza terrena ou sentimental para assumir a natureza celestial ou espiritual.

O que é nascido da carne é carne; o que é nascido do Espírito é espírito. João 3.6

A criatura da Terra é terrena; a do céu é celestial.

Não há meio termo. Ou ela é terrena ou celestial.

O primeiro homem, Adão, foi feito alma vivente. O último Adão, porém, é espírito vivificante. I Coríntios 15.45


reportar erro