USA
 

Por que Jesus tinha que morrer na cruz?

O sacrifício do Senhor Jesus ocorreu durante a Páscoa

Como o profeta Isaías explica, o pecado faz com que a pessoa se distancie de Deus (Isaías 59.2). Quando isso acontece, automaticamente, essa pessoa passa a fazer parte do domínio de Satanás. Assim, ao morrer, a alma dessa pessoa vai para o inferno (Romanos 6.23).

Por causa disso, o Deus-Pai desejou salvar a vida de Seus filhos do sofrimento eterno. Mas, para que isso acontecesse, era necessário que o Senhor Jesus, o Seu filho, viesse ao mundo em forma de homem e recebesse sobre Si as nossas fraquezas e, em seguida, fosse sacrificado. O Senhor Jesus pagou pelos nossos pecados — esclarece o profeta Isaías, na Bíblia:

“Mas Ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre Ele, e pelas Suas pisaduras fomos sarados. Todos nós andávamos desgarrados como ovelhas; cada um se desviava pelo seu caminho; mas o SENHOR fez cair sobre Ele a iniquidade de nós todos.” Isaías 53.5,6

Vemos na Bíblia que, constantemente, o Senhor Jesus é comparado a um cordeiro que caminha para a morte por causa da maldade da humanidade: “... Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo.” João 1.29

Como não havia pecado e impureza no Senhor Jesus, quando Ele morreu fisicamente cumpriu com a missão de Salvar todos aqueles que nEle cressem do sofrimento eterno. E hoje temos acesso a Deus por meio desse sacrifício:

“Disse-lhe Jesus: Eu Sou o Caminho, e a Verdade e a Vida; ninguém vem ao Pai, senão por Mim.”  João 14.6

Esse é o tamanho do amor de Deus por nós: sacrificou o Seu próprio filho para que fôssemos livres do pecado que nos condenava ao inferno.

Já no período do Fim dos Tempos, vemos que o Senhor Jesus, ressuscitado, ocupa o Seu lugar junto ao Pai.

O apóstolo João escreve: “E olhei, e ouvi a voz de muitos anjos ao redor do trono, e dos animais, e dos anciãos; e era o número deles milhões de milhões, e milhares de milhares, que com grande voz diziam: Digno é o Cordeiro, que foi morto, de receber o poder, e riquezas, e sabedoria, e força, e honra, e glória, e ações de graças.” Apocalipse 5.11,12

Para quem deseja essa Salvação Eterna, basta aceitar o Senhor Jesus como Salvador e obedecer aos Seus ensinamentos. Uma vida de obediência constante.

Se você desejar aprender a conquistar a presença de Deus em sua vida, participe de um encontro ainda hoje em uma Universal mais próxima de sua casa. Veja aqui o endereço.

Você também pode conversar com bispos e pastores da Universal por meio do Pastor Online. Você receberá um atendimento espiritual para a sua vida.

Comentários

Lembramos que este espaço é reservado somente para comentários referentes à matéria em questão. Somente comentários relevantes serão autorizados. Pedidos de oração e orientação podem ser feitos na página do Pastor Online: www.universal.org/pastoronline. Sugestões e reclamações podem ser enviados para redacao@sp.universal.org.br.

Nossas Sugestões

Nossas sugestões

x
Anterior Próximo