USA
 

5 maneiras de evitar problemas na relação a dois

Quem ensina é o escritor e apresentador Renato Cardoso. Confira

Em todo relacionamento é possível que haja momentos de desentendimento, seja por uma atitude ou até um gosto alimentar. Porém, abrir mão das próprias vontades e se sacrificar a fim de ver o companheiro feliz pode evitar o enfraquecimento da vida a dois. Além disso, outras atitudes podem evitar momentos de desconforto entre o casal.

Em sua página no Facebook, o escritor e apresentador Renato Cardoso publicou 5 dicas, com perguntas e respostas, para os casais que querem evitar problema na vida amorosa.

Confira abaixo cada uma delas e tenha um relacionamento duradouro:

1 - Há princípios a serem seguidos para manter um relacionando amoroso saudável?

Há muitos. A saúde do relacionamento depende da saúde dos indivíduos que estão nele. Você tem que proteger o seu relacionamento das ideias doentias que existem por aí, como alma gêmea; seguir o que manda o seu coração; o importante é ser feliz; casamento é só um pedaço de papel; e outras tantas. Vocês precisam blindar a relação do que é doentio e construí-la sobre princípios saudáveis, como respeito, fidelidade, sacrifício, generosidade e fé.

2 - Os motivos das crises costumam ser os mesmos na maioria dos casais? É fácil evitá-los?

Crises são resultados de problemas que não foram resolvidos. Infelizmente, a maioria dos casais só procura ajuda quando a crise já chegou. Problemas conjugais que não são resolvidos hoje se tornarão as crises de amanhã. É preciso investir mais na prevenção dos problemas e nas ferramentas para resolvê-los. Problemas de relacionamento são inevitáveis, mas as crises podem ser evitadas se o casal praticar o amor inteligente.

3 - Há crises conjugais para as quais não se encontram soluções? Quando pode ser a hora de desistir?

Crises sempre podem ser resolvidas. Mas nem sempre as pessoas envolvidas querem resolvê-las. Se alguém realmente desistiu de lutar pelo relacionamento, há pouco (*) que se possa fazer. Mas a questão não é que a crise não tem solução. É que as pessoas não quiseram pagar o preço da solução. Isso normalmente é um erro, porque elas partem para outros relacionamentos sem aprender a resolver as crises, portanto, sem nenhuma condição de superar as próximas.

(*) Há sempre o caminho da fé

4 - Os dias modernos trouxeram novos problemas às relações amorosas com redes sociais e celulares conectados o tempo todo? Como é possível lidar com essas questões?

Sem dúvida. Há novas ameaças ao relacionamento duradouro aparecendo o tempo todo. O casal precisa estar sintonizado no que acontece ao seu redor e que pode comprometer a relação. Aprender a usar as novas tecnologias colocando regras e limites é essencial. Jamais abrir mão da transparência em nome da “privacidade”. Não existe privacidade no casamento, já que sem transparência não pode haver confiança.

5 - As pessoas são diferentes e, no dia a dia essas diferenças de opiniões e valores vão ficando mais claras. É sempre necessário ceder ao outro?

Ceder é o ar da relação. Mas os dois precisam respirá-lo. Quando o casal pratica o ceder com equilíbrio, nem parece que estão cedendo um ao outro. É tão natural quanto você que respira sem perceber enquanto lê isso. Portanto, não é algo doloroso. O doloroso é um sempre ceder enquanto o outro nunca cede. Note, porém, que isso normalmente é um hábito estabelecido desde cedo na relação. Se você sempre é quem cede desde o início, você acostuma a outra pessoa a não considerar o seu lado. Não permita que isso aconteça.

Você precisa de ajuda para blindar o seu casamento? Participe da Terapia do Amor, todas as quintas-feiras, na Universal.

Comentários

Lembramos que este espaço é reservado somente para comentários referentes à matéria em questão. Somente comentários relevantes serão autorizados. Pedidos de oração e orientação podem ser feitos na página do Pastor Online: www.universal.org/pastoronline. Sugestões e reclamações podem ser enviados para redacao@sp.universal.org.br.

Nossas Sugestões

Nossas sugestões

x
Próximo