USA
 

Número de suicídios entre médicos é grande

A média chega a uma morte por dia no mundo. Saiba mais

Uma estimativa da Fundação Americana para a Prevenção do Suicídio indica que, em média, 300 a 400 médicos cometem suicídio por ano em todo o mundo. O número é equivalente a cerca de uma morte por dia. A taxa, em comparação com a população em geral, tem uma frequência 2,45 vezes maior.

Da mesma forma como acontece com o suicídio no restante da população, depressão e abuso de álcool e outras drogas são fatores associados. O uso de substâncias psicoativas afetou de 20% a 40% dos médicos que se suicidaram. Além disso, a exposição diária ao estresse, vivência direta com a morte e condições de trabalho precárias colaboram para o ato. E, finalmente, a competição e a ambição no campo profissional finalizam as características que transformam a profissão em arriscada para o suicídio.

Suicídio faz sentido?

Um outro dado preocupante é que pesquisadores, ao analisarem 114 médicos, verificaram que 61% deles acreditavam que o suicídio poderia ser uma escolha racional em certas circunstâncias. Ou seja, para mais da metade do grupo fazia sentido se matar, como uma forma de acabar com os problemas.

“É essa a grande mentira que o diabo implanta na mente das pessoas que estão desesperadas e cansadas de tanto sofrimento. O ser humano passa a desejar a morte quando já assassinou os seus sonhos. Ninguém tem o poder de matar os nossos sonhos, pois eles foram dados por Deus, somente nós temos esse poder: de matá-los ou de alimentá-los”, explica o bispo Júlio Freitas.

Se, por conta dos problemas, você começou a achar o suicídio uma boa ideia, saiba que você pode encontrar ajuda. A Universal realiza um forte trabalho para auxiliar pessoas a se livrarem dos pensamentos de morte. Compareça às reuniões de sexta-feira para libertação de toda opressão, e às quartas para se encher da presença de Deus. Procure aqui o templo mais próximo da sua residência.

Mas se você não pode esperar até a reunião, agora mesmo há um pastor ou bispo disposto a lhe ouvir e lhe orientar. Acesse o Pastor Online.

Comentários

Lembramos que este espaço é reservado somente para comentários referentes à matéria em questão. Somente comentários relevantes serão autorizados. Pedidos de oração e orientação podem ser feitos na página do Pastor Online: www.universal.org/pastoronline. Sugestões e reclamações podem ser enviados para redacao@sp.universal.org.br.

Nossas Sugestões

Nossas sugestões

x
Próximo