USA
 

Você sabe qual a condição para ser feliz no relacionamento?

Cristiane Cardoso explica o que é preciso para fortalecer a vida a dois

Uma pesquisa realizada pela Universidade Estadual de Michigan, em East Lansing, nos Estados Unidos, analisou, ao longo de 6 anos, de 2006 a 2012, 2 mil casais na fase da maturidade e constatou que quem convive com um companheiro feliz se sente, na maioria das vezes, melhor e mais entusiasmado para viver.

Para chegar ao resultado, os casais se submeteram a exames clínicos realizados pelo Centro Científico de Saúde e Aposentadoria. Após a realização dos estudos, percebeu-se que uma pessoa de bem com a vida se torna uma motivação para o parceiro, que vê recompensas na relação e assim leva uma vida feliz também.

O estudo mostra ainda que as pessoas com uma perspectiva positiva sob as coisas têm mais chances de alcançar a longevidade, pois comem melhor, se exercitam mais, dormem tranquilamente, entre outros quesitos. E isso seria o bastante para que o parceiro seja influenciado positivamente.

Como garantir a felicidade a dois

Em entrevista à uma revista, a escritora do livro “Casamento Blindado” e apresentadora do Programa The Love School – A Escola do Amor, Cristiane Cardoso, explica que há uma condição que determinada a prosperidade do relacionamento: “primeiramente, é preciso ser feliz. Só assim é possível fazer o companheiro feliz também”, afirma.

Ou seja, você pode até se sentir feliz em ter ao lado alguém que o incentive durante as dificuldades, o deixe feliz com ações inesperadas, mas, possivelmente, a sua felicidade não perdurará para sempre. Além disso, nem sequer irá conseguir fazer uma pessoa feliz, se a sua felicidade não fluir de si próprio.  

Cristiane relata que há pessoas que ficam preocupadas e focadas apenas em encontrar um amor, constituir uma família, um lar estruturado e não avaliam se estão realmente preparadas para viver a dois. “Muitas vezes, elas querem que o relacionamento preencha alguma infelicidade. E não funciona assim, pois a tristeza, insegurança e carência acabam estragando qualquer relacionamento”, alerta.

A busca incessante por um companheiro se faz porque muitas pessoas acreditam que ter ao seu lado alguém bem resolvido é o suficiente para fazê-las completas e afastadas de suas frustações. Mas de nada adianta encontrar um parceiro ideal se a sua vida amorosa não estiver sadia.

Segundo as dicas da escritora, para evitar uma vida amorosa suscetível à fraqueza, a pessoa precisa remover as coisas que atrapalham a si mesmo e que também afetam diretamente a vida a dois. A exemplo da insegurança, que gera ciúme e possessão, e pode ditar o fim do relacionamento.

Por isso, se sua vida amorosa não está sadia e precisa de transformação, participe da Terapia do Amor, que acontece todas as quintas-feiras, no Templo de Salomão, no Brás, região central de São Paulo. Ou clique aqui e encontre uma Universal mais próxima de sua casa. Você também pode falar agora mesmo com um Pastor Online e tirar as suas dúvidas. 

Comentários

Lembramos que este espaço é reservado somente para comentários referentes à matéria em questão. Somente comentários relevantes serão autorizados. Pedidos de oração e orientação podem ser feitos na página do Pastor Online: www.universal.org/pastoronline. Sugestões e reclamações podem ser enviados para redacao@sp.universal.org.br.

Nossas Sugestões

Nossas sugestões

x
Próximo