USA
 

Conheça alguns dos motivos que levam casais a se separarem

O fim da união de 26 anos entre os jornalistas Fátima Bernardes e William Bonner fez muita gente se questionar sobre os porquês de uma separação

Na noite de segunda-feira (29), uma notícia deixou muita gente boquiaberta e movimentou a internet: os apresentadores William Bonner e Fátima Bernardes comunicaram, pelo Twitter, que estavam se separando, após 26 anos de união.

A mesma nota, publicada separadamente nos perfis de Bonner e Fátima, dizia o seguinte: “Em respeito aos amigos e fãs que conquistamos nos últimos 26 anos, decidimos comunicar que estamos nos separando. Continuamos amigos, admiradores do trabalho um do outro e pais orgulhosos de três jovens incríveis. É tudo o que temos a declarar sobre o assunto.  Agradecemos a compreensão, o carinho e o respeito de sempre. Fátima e William."

Minutos depois, a internet foi à loucura, e os compartilhamentos, mensagens de pesar e surpresa ficaram em destaque por horas.

Mas quem pensa que uma separação acontece assim, literalmente da noite para o dia, com um simples comunicado, está enganado. Infelizmente, para o casal chegar a essa decisão, certamente, já existiam motivos suficientes para o relacionamento terminar, mesmo depois de tanto tempo juntos.

Principais razões

Tentando entender melhor episódios como esse, a Universidade de Western Sydney, localizada no estado de Nova Gales do Sul, na Austrália, realizou um estudo, por meio de psicólogos, a fim de detectar quais as principais razões que levam alguém a terminar um relacionamento amoroso. Foram avaliados dados de mais de 5 mil pessoas, de ambos os sexos, na faixa etária de 21 a 76 anos.

No caso das mulheres, o estudo apontou que algumas das principais situações que as levam a terminar um relacionamento são:

- Falta de senso de humor do parceiro

- Sexo de qualidade indesejável

- Preguiça

- Aparência desleixada

Entre os homens, a pesquisa mostrou que os motivos são bastante parecidos, e que, além do sexo e da preguiça, eles não gostam nem um pouco de relacionamentos à distância, pois causam muita insegurança.

Outros pontos como dependência extrema, parceiro que reclama demais, teimoso, que fala muito (ou pouco) também estão entre as maiores reclamações.

O fato de um ou o outro não querer ter filhos também influencia negativamente no relacionamento e pode causar, sim, a separação. Daí a importância de conhecer bem os objetivos de vida de cada um antes de partir para o casamento.

Por outro lado, ter filhos de outros relacionamentos também é apontado como um fator negativo e pode causar a separação. Por fim, ser extremamente ligado ao corpo, ou absolutamente relaxado com ele, estão entre as causas do fim de um relacionamento.

Terapia do Amor

De acordo com o palestrante Renato Cardoso, muitos tomarão a separação de Willian Bonner e Fátima Bernardes como mais uma 'prova' de que casamentos duradouros já não existem, porém ele destaca que é possível, sim, salvar praticamente qualquer união. "SE pelo menos UM dos cônjuges começar a fazer as coisas certas", escreveu Renato em seu blog – leia a postagem completa clicando aqui.

Além disso, há também muita gente errando nas escolhas, nas atitudes, e por isso continua a sofrer na vida amorosa.

Por isso a Terapia do Amor tem sido uma importante aliada no quesito vida a dois. Quem participa, garante: os ensinamentos vão ao encontro das necessidades de todos, solteiros, casados, viúvos ou divorciados.

Ela é uma palestra focada no sucesso da vida amorosa. Nela, os palestrantes conversam, aconselham e dão dicas sobre como você pode se comportar no relacionamento ou enquanto espera pela pessoa amada. O objetivo é levá-lo (a) a ser bem-sucedido (a) nessa área da vida.

Em São Paulo, por exemplo, Renato e sua esposa, Cristiane Cardoso, ministram dois encontros: às 10h e às 20 horas, no Templo de Salomão. Se você está fora da capital paulista, procure a Universal da sua região em que acontece a Terapia do Amor, clicando aqui.

Para mais detalhes sobre a reunião, temas das próximas palestras, entre outras informações, acesse o site oficial, em http://sites.universal.org/terapiadoamor/.

Comentários

Lembramos que este espaço é reservado somente para comentários referentes à matéria em questão. Somente comentários relevantes serão autorizados. Pedidos de oração e orientação podem ser feitos na página do Pastor Online: www.universal.org/pastoronline. Sugestões e reclamações podem ser enviados para redacao@sp.universal.org.br.

Nossas Sugestões

Nossas sugestões

x
Próximo