USA
 

Curso para solteiros inteligentes

Série de palestras ensinará o que deve ser feito para encontrar a felicidade no amor. Saiba mais

O que há de errado com a foto ao lado? Nada? Observe direito. Percebe algo diferente? Vou dar uma dica: a noiva. Viu agora? Ela não é de verdade, é uma boneca, e isso não é uma foto-publicidade; de fato esse casamento aconteceu.

O noivo, de 28 anos – cujo nome não foi divulgado pela imprensa da China, onde o caso ocorreu –, tem câncer terminal e queria, como ele mesmo disse, experimentar a emoção e a intensidade de um casamento, mas abriu mão de uma noiva de verdade, para não fazê-la sofrer com a sua doença e deixá-la viúva. “Estou à beira da morte. Seria muito trágico levar uma mulher que tem sentimentos para o altar num momento como esse. Seria até egoísmo meu. Por isso quis realizar o meu desejo de me casar, mas com uma boneca mesmo”, explicou.

A cerimônia seguiu todo o protocolo de um casamento: álbum de fotos, bolo e dezenas de convidados.

Mas se você achou estranho o que esse chinês fez por medo de fazer alguém sofrer, vai ficar de boca aberta com o que um russo fez por medo de sofrer.

Cansado da solidão, das desilusões amorosas e de observar os seus amigos se queixarem dos próprios relacionamentos, ele tomou uma decisão: casou-se com uma pizza. Isso mesmo que você leu, uma pizza (foto ao lado). “A pizza não iria me rejeitar ou me trair”, contou ele em entrevista ao jornal britânico Daily Star, alegando ainda que o amor entre duas pessoas é complicado e estava satisfeito com o amor pela comida porque essa, a qualquer momento, satisfazia as suas vontades. As autoridades russas não permitiram a oficialização do casamento em cartório, mas isso não impediu o rapaz de prosseguir com a sua ideia, e a cerimônia foi realizada em uma pizzaria na cidade de Tomsk, centro-sul da Rússia, com a estranha “noiva” usando véu e com direito a uma certidão de casamento fornecida pelos funcionários do restaurante.

Mude a sua situação

Por mais bizarra que sejam essas duas situações, elas evidenciam dilemas que muitos solteiros vivem. Muitos têm medo de não serem bons o suficiente, de serem rejeitados. Têm o falso e egoísta pensamento de que casamento é sinônimo de ter alguém à sua inteira disposição, sempre. Não entendem e nem estão dispostos a fazer os sacrifícios que envolvem um relacionamento; não acreditarem mais no amor.

Muitos deram início a um relacionamento sem estarem preparados. Outros não dão início a um por acharem que não estão preparados, quando, na verdade, estão, porém o medo tem impedido.

Para ensinar como se cuidar e estar bem para um relacionamento a dois, nesta quinta-feira (11), terá início, na Terapia do Amor em todo o Brasil, o curso para os solteiros inteligentes. Nas palestras serão dadas orientações práticas e conselhos para que o solteiro mude a situação da sua vida amorosa.

O palestrante Renato Cardoso explica que duas coisas podem estar acontecendo com os solteiros: “Ou você está fazendo algo de errado e a cada aula você irá descobrir onde está o erro, ou você pode até não estar fazendo nada errado, mas está deixando de fazer o certo, e isso também será orientado.”

Procure uma Universal mais próxima e participe.  O curso é totalmente gratuito.

Em São Paulo, o curso será ministrado por Renato e sua esposa, Cristiane Cardoso – professores e apresentadores da “Escola do Amor” – no Templo de Salomão.

Compartilhe essa mensagem com os seus amigos e familiares solteiros e convide-os a investir na vida amorosa.

Comentários

Lembramos que este espaço é reservado somente para comentários referentes à matéria em questão. Somente comentários relevantes serão autorizados. Pedidos de oração e orientação podem ser feitos na página do Pastor Online: www.universal.org/pastoronline. Sugestões e reclamações podem ser enviados para redacao@sp.universal.org.br.

Nossas Sugestões

Nossas sugestões

x
Próximo