USA
 

Como lidar com o ciúme?

Os atores Ashton Kutcher e Mila Kunis estariam com o relacionamento abalado por causa da insegurança dela

Quando estão juntos, os atores hollywoodianos Ashton Kutcher e Mila Kunis (foto ao lado), casados há 5 meses e pais da pequena Wyatt Isabelle, não escondem a felicidade da união. Algo que até mesmo o ator Jon Cryer, companheiro de gravações de Kutcher na série “Two and a Half Man”, destacou em uma entrevista ao periódico US Magazine.

Contudo, a publicação norte-americana Life & Style especulou, recentemente, que o relacionamento do casal estava passando por turbulências por causa da insegurança de Mila em relação à fidelidade do marido.

Acontece que Ashton já foi casado com a também atriz hollywoodiana Demi Moore, e traiu a ex-mulher durante o casamento. Como Ashton e Mila eram amigos na época, o ator confidenciou para ela a infidelidade. Então, segundo a publicação, Mila tem receio de que Ashton faça o mesmo com ela agora.

Uma fonte do veículo, inclusive, afirmou que eles haviam discutido muito, revelando que a situação do casal não estava bem.

Isso traz a reflexão sobre um tema muito comum em relacionamentos amorosos: a insegurança que promove o ciúme.

Qual a origem do ciúme dentro de um relacionamento?

Para a escritora Ester Bezerra, esposa do bispo Edir Macedo, o ciúme de uma mulher, em muitos casos, é o reflexo da falta de segurança que o companheiro transmite. Ela enumera as seguintes situações em que isso pode ser observado:

• Quando ela (a mulher) reclama que ele (o marido) não lhe dá tanta atenção é porque na cabeça dela ele está perdendo interesse nela… insegurança.

• Quando ela sente ciúmes… insegurança.

• Quando ela reclama que ele chega tarde, fica de conversas escondidas no celular, tem amizades com mulheres no trabalho ou pelas redes sociais… insegurança.

“Todas as reclamações têm como origem a insegurança. Enquanto a mulher se sentir insegura com o seu marido, ela vai reclamar. Não adianta ser romântico, carinhoso, presenteá-la, ou até ser fiel… se há insegurança. Ela não tem o que ela mais precisa”, destaca Ester.

O que uma mulher pode fazer diante dessa insegurança?

Em seu blog, o palestrante Renato Cardoso orienta que a mulher que enfrenta uma situação de insegurança na união precisa trabalhar 5 pensamentos:

1)      Tenha coragem de impor limites: há coisas aceitáveis e inaceitáveis em um relacionamento. Ter contatos indevidos com outras mulheres por telefone ou internet é inaceitável. Comunique a sua posição para ele. Se ele não aceitar, ele não serve para você, pois tem padrões e valores mais baixos que os seus.

2)      Entenda que ele a escolheu entre tantas: no momento do ciúme infundado, lembre-se de que ele está com você, não com outra.

3)      Conquiste sucessos crescentes: a cada conquista na sua vida pessoal, você vai adquirindo mais autoconfiança e autoestima. Tenha objetivos e alcance-os.

4)      Ouça pessoas que falam coisas positivas sobre você: você deve ter uma amiga, familiar, colega, etc., que apontem as suas qualidades. Ouça essas pessoas e não os que lhe colocam para baixo.

5)      Veja-se através dos olhos de Deus: Ele lhe vê como uma pessoa preciosa, digna da vida do próprio Filho dEle. Por que você se veria inferior?

Se você está enfrentando problemas em seu relacionamento amoroso, procure ajuda enquanto há tempo. Participe das palestras da Terapia do Amor, que acontecem todas as quintas-feiras, em uma Universal mais próxima de sua casa. Clique aqui e confira mais informações.

Se você achou esse tema interessante, compartilhe esse artigo nas redes sociais.

Comentários

Lembramos que este espaço é reservado somente para comentários referentes à matéria em questão. Somente comentários relevantes serão autorizados. Pedidos de oração e orientação podem ser feitos na página do Pastor Online: www.universal.org/pastoronline. Sugestões e reclamações podem ser enviados para redacao@sp.universal.org.br.

Nossas Sugestões

Nossas sugestões

x
Próximo