USA
 

Símbolos do Espírito Santo

Os objetos mais simples foram usados por Deus para fazer liberar a fé das pessoas, mas de forma alguma servem para ser objeto de adoração

Da mesma forma como os nomes variados identificamos trabalho do Espírito Santo nas pessoas regeneradas pela fé no Seu Santo Filho Jesus, também, através dos muitos símbolos, Ele Se faz representar.

E por que Deus usa símbolos para fazer-Se representar? Por que não utiliza imagens de escultura que são muito mais lógicas? A verdade é que: "Deus é espírito; e importa que os Seus adoradores O adorem em espírito e em verdade." João 4.24

Se, por acaso, Deus permitisse que as pessoas utilizassem imagens para O adorar, então, já não creriam pela fé, mas pelos seus próprios sentidos. E óbvio, que se alguém se curva diante de uma imagem, está focalizando a sua fé naquilo que está vendo; no que pode tocar com as mãos, ver com os olhos. Logo, a sua fé torna-se inválida, pois a definição de fé é: "Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam a convicção de fatos que se não veem." Hebreus 11.1

Se é a certeza de coisas que se esperam, como pode a pessoa ter fé em algo que está na sua frente? Como terá convicção de algo que não vê se diante dela está uma imagem esculpida?

Além do mais, ainda que Deus permitisse que se fizessem imagens para a Sua adoração, quem teria a capacidade de fazer a imagem de Deus? Ora, todo mundo sabe perfeitamente que as pessoas que trabalham com qualquer tipo de arte dependem de inspirações, e estas muitas vezes são criadas através dos variados tipos de tóxicos.

Veja, por exemplo, Miguel Ângelo foi um tremendo beberrão; quando pintou os tetos da Igreja Romana, estava totalmente embriagado. E também como poderia Deus permitir que alguém esculpisse a Sua imagem usando material perecível?

Quer dizer: é uma verdadeira barbaridade acreditar que Deus possa ser representado por imagens feitas pelas mãos de pecadores. Ele mesmo afirmou pelo profeta Isaías:

"Com quem comparareis a Deus? Ou que coisa semelhante confrontareis com Ele? O artífice funde a imagem, e o ourives a cobre de ouro e cadeias de prata forja para ela. O sacerdote idólatra escolhe madeira que não se corrompe e busca um artífice perito para assentar uma imagem esculpida que não oscile. Acaso, não sabeis? Porventura, não ouvis? Não vos tem sido anunciado desde o princípio? Ou não atentastes para os fundamentos da terra? Ele é o que está assentado sobre a redondeza da terra, cujos moradores são como gafanhotos; é Ele quem estende os céus como cortina e os desenrola como tenda para neles habitar; é Ele quem reduz a nada os príncipes e torna em nulidade os juízes da terra." Isaías 40.18-23

A simbologia é usada por Deus, porque jamais alguém vai desejar adorar a água, por exemplo, ou o vento, a chuva, o fogo. Além do mais, estes elementos simples ajudam as pessoas a liberar a verdadeira fé que está normalmente escondida dentro de cada uma delas. O Senhor Jesus usou de Sua saliva para fazer lodo e untar as vistas do cego, e depois o mandou lavar-se no tanque de Siloé para ser curado. Um simples ato de fé da parte do cego o fez enxergar; também o apóstolo Paulo usou seus lenços e aventais para curar e libertar os enfermos. Os objetos mais simples foram usados por Deus para fazer liberar a fé das pessoas, mas deforma alguma serviriam ou servem para ser objeto de adoração, porque isto deve ser exclusivamente em espírito e em verdade. Então, vejamos alguns símbolos do Espírito Santo:

1. Rios de água viva - João 7.38

2. Vento - João 20.22

3. Fogo - Êxodo 13.21

4. Óleo - Exôdo 29.7

5. Línguas - Atos 2.8

6. Orvalho - Salmos 133.3

7. Pomba - Mateus 3.16

8. Selo - 2 Coríntios 1.22

9. Chuva - Oséias 6.3

(*) Texto retirado do livro "O Espírito Santo", do bispo Edir Macedo

Comentário



Nossas Sugestões

Nossas sugestões

x
Próximo