USA
 

Como acontece o batismo no Espírito Santo?

O selo divino nunca se dá por acaso. Pelo contrário, ele é fruto de um ardente desejo de se conhecer e servir melhor ao Senhor Jesus

O batismo com o Espírito Santo nunca acontece por acaso. Pelo contrário, ele é fruto de um ardente desejo de se conhecer e servir melhor ao Senhor Jesus. O centurião Cornélio é um claro exemplo disto, pois a Bíblia o apresenta como um homem: “piedoso e temente a Deus com toda a sua casa e que fazia muitas esmolas ao povo e, de contínuo, orava a Deus.” (Atos 10.2).

Não foram as esmolas de Cornélio que lhe deram condições de receber o batismo no Espírito Santo. Mas o seu caráter temente a Deus somado às suas orações que o capacitaram a ser visitado, ele e toda a sua casa, pelo Espírito de Deus. Quanto às suas esmolas, de fato, expressaram um caráter desprovido e liberal, que é uma característica de todos aqueles cujos corações estão realmente disponíveis nas mãos de Deus. Aliás, isto é muito interessante, porque todos aqueles que um dia tiveram uma experiência profunda com Deus, desprenderam-se imediatamente das coisas materiais para se apegarem às espirituais.

Todos os homens e mulheres da Bíblia que mantiveram um relacionamento estreito com Deus sempre se preocuparam em expressar a sua gratidão e amor, trazendo as melhores ofertas diante do Senhor. Cornélio não tinha muito conhecimento de Deus. Porém, em função do seu temor ao Senhor Jesus, ele procurava dar esmolas, porque era uma forma de dar a Deus a sua oferta. Então, o batismo de Deus vem como uma chamada pessoal e particular do próprio Senhor Jesus para aqueles cujos corações são totalmente d’Ele.

Não somos nós que ditamos as regras de como e quando seremos batizados com o Espírito Santo, mas o próprio Deus na pessoa do Senhor Jesus. É claro que este batismo jamais vai acontecer dentro de um campo de futebol, num cinema ou praia, a menos que estes lugares estejam servindo a concentrações de fé, porque é necessário haver condições favoráveis à fé cristã para que haja uma manifestação do Espírito Santo.

A Bíblia afirma que Deus está procurando pessoas de fé, a fim de manifestar a Sua Glória neste mundo. Quando alguém está buscando fazer a vontade de Deus com jejuns, orações, vigílias, o Senhor Jesus se incumbe de encher o seu servo do Seu Espírito. Na casa de Cornélio, por exemplo, Pedro nem havia acabado de falar, quando o Espírito Santo caiu sobre todos os que ouviam a Palavra. Talvez Pedro fosse falar coisas desnecessárias e até atrapalhar os ouvintes. Porém, antes disto acontecer, o Espírito Santo interveio.

O batismo com o Espírito Santo acontece normalmente da seguinte forma: o candidato toma conhecimento da vontade de Deus em enchê-lo do Seu Espírito e, a partir deste instante, nasce um desejo de participar desta promessa. Daí então, a pessoa se propõe no seu coração a buscá-Lo, quer através de jejuns, quer através de orações, no momento em que ela se libera de todos os pensamentos mundanos e entra num Espírito de total louvor ao Senhor Jesus.

Quando já não encontra mais palavras para externar o seu amor e gratidão através da adoração em Espírito e em verdade, o Espírito Santo vem sobre ela, inundando-a de amor e alegria, de tal forma que as suas palavras passam a ser estranhas, mas não inconscientes. É como se o próprio Senhor Jesus a tomasse nas mãos e a imergisse nas águas do Espírito. Isto acontece, quando o coração está absolutamente contrito diante de Deus-Pai, Filho e Espírito Santo.

(*) Texto retirado do livro "O Espírito Santo", do bispo Edir Macedo. 

Comentário



Nossas Sugestões

Nossas sugestões

x
Próximo