USA
 

Apocalipse: o grande mar de vidro semelhante ao cristal

Como a água é um dos símbolos da vida, esta água estaria solidificada ou cristalizada, dando a entender que a vida é permanente, eterna

"Há diante do trono um como que mar de vidro, semelhante ao cristal, e também, no meio do trono e à volta do trono, quatro seres viventes cheios de olhos por diante e por detrás." Apocalipse 4.6

Acreditamos que o mar de vidro seja o "mar" dos povos, que se agita de um lado para o outro na Terra. Em todos os lugares há conflitos sociais, econômicos, religiosos e raciais. Em alguns países há guerras, em outros rumores de guerra.

As grandes potências não cessam de armazenar armas cada vez mais poderosas. Cada nação se previne contra as outras e o império das trevas vai avançando. Diante do trono de Deus, entretanto, tudo é claro e transparente, como o cristal.

Ele, o Todo Poderoso, é Quem "... põe termo à guerra até aos confins do mundo, quebra o arco e despedaça a lança; queima os carros no fogo" (Salmos 46.9), e diz: "... até aqui virás e não mais adiante, e aqui se quebrará o orgulho..." (Jó 38.11).

Nada passa despercebido diante dos Seus olhos; nada acontece sem a Sua permissão. Ele realiza o Seu conselho soberanamente, através de todas as ondas da História mundial:

"Aquele, cuja voz abalou, então, a terra; agora, porém, Ele promete, dizendo: Ainda uma vez por todas, farei abalar não só a terra, mas também o céu. Ora, esta palavra: Ainda uma vez por todas significa a remoção dessas coisas abaladas, como tinham sido feitas, para que as coisas que não são abaladas permaneçam." Hebreus 12.26,27

O Senhor exclamou por intermédio do profeta Isaías: "Calai-vos perante Mim, ó ilhas, e os povos renovem as suas forças; cheguem-se e, então, falem; cheguemo-nos e pleiteemos juntos" (Isaías 41.1).

Igualmente temos imóvel o mar de vidro diante do trono, em contraste com a situação do mar dos povos sobre a Terra. Em outras passagens está escrito: "Cale-se toda carne diante do Senhor, porque Ele se levantou da Sua santa morada" (Zacarias 2.13); "O Senhor, porém, está no Seu santo templo; cale-se diante dEle toda a terra" (Habacuque 2.20).

O "mar" representa pessoas de todas as nações, que aceitaram o Senhor Jesus como Salvador; que foram fiéis a Ele e, por isso, acharam o seu lar no Céu. Trata-se da Igreja glorificada.

Assim como o mar terrestre representa as nações terrenas, assim o mar celestial seria "as nações celestiais": "Vi emergir do mar uma besta que tinha dez chifres e sete cabeças e, sobre os chifres, dez diademas e, sobre as cabeças, nomes de blasfêmia" (Apocalipse 13.1).

Este mar é calmo e puro, em contraste com as águas agitadas e imundas dos mares terrenos. Como a água é um dos símbolos da vida, esta água estaria solidificada ou cristalizada, dando a entender que a vida é permanente, eterna. 

(*) Trecho retirado do livro "Estudo do Apocalipse", do bispo Edir Macedo

Comentário



Nossas Sugestões

Nossas sugestões

x
Próximo