USA
 

Uma grande voz

O Espírito Santo só fala quando temos ouvidos para ouvi-Lo

"...e ouvi, por detrás de mim, grande voz, como de trombeta, dizendo: O que vês escreve em livro e manda às sete igrejas..." Apocalipse 1.10-11

Aparentemente, o apóstolo ficou surpreso por ouvir esta grande voz atrás dele, e não à sua frente ou ao seu lado. Mas, por que ele ouviu a voz atrás dele? Certamente, pelo mesmo motivo pelo qual o Senhor falou ao profeta Isaías: "...os teus ouvidos ouvirão atrás de ti uma palavra, dizendo: Este é o caminho, andai por ele." Isaías 30.21

Também Ezequiel teve uma experiência semelhante: "Levantou-me o Espírito, e ouvi por detrás de mim uma voz de grande estrondo, que, levantando-se do seu lugar, dizia: Bendita seja a glória do Senhor." Ezequiel 3.12

Cremos que essa voz veio por trás de João a fim de neutralizar qualquer outra voz, inclusive a da sua própria consciência.

Quando o Senhor Jesus andava com os Seus discípulos, Ele os dirigia indo à frente. Mas agora, em Espírito, Ele dirige o Seu servo falando por detrás dele, como se ao pé do ouvido.

Infelizmente, os seguidores do Senhor Jesus só encontram tempo para ouvir a Sua voz quando estão vivendo sob a pressão das provações da fé.

Quando as coisas vão bem, e não existem as angústias da perseguição e das injustiças – muitas vezes cometidas pelos próprios irmãos – enfim, quando há paz, não temos tido ouvidos para ouvirmos a direção do nosso Senhor.

O Espírito Santo só fala quando temos ouvidos para ouvi-Lo. Quando Ele sabe que não iremos Lhe dar atenção, não fala.

Voltando ao versículo, em seguida o apóstolo diz: "...grande voz, como de trombeta" (Apocalipse 1.10). É muito importante notarmos as palavras "como" e "semelhante". Elas aparecem muitas vezes no livro do Apocalipse e indicam apenas uma comparação, e não uma identificação.

Acontece que João não tinha palavras para exprimir exatamente aquilo que via. Por isso teve de apelar para as comparações. A grande voz que ele ouviu, por exemplo, não era exatamente uma trombeta, mas como de trombeta.

A menção deste instrumento musical na Bíblia é frequente, pois era usado em ocasiões militares e religiosas, para a convocação do povo.

Podemos, contudo, considerar duas ocasiões especiais em que as Sagradas Escrituras se referem ao uso da trombeta: na esfera terrena e a na esfera celestial. Na esfera terrena aconteceu quando Deus reuniu o povo de Israel ao pé do Monte Sinai:

"Ao amanhecer do terceiro dia, houve trovões, e relâmpagos, e uma espessa nuvem sobre o monte, e mui forte clangor de trombeta, de maneira que todo o povo que estava no arraial se estremeceu. E Moisés levou o povo fora do arraial ao encontro de Deus; e puseram-se ao pé do monte.

Todo o monte Sinai fumegava, porque o Senhor descera sobre ele em fogo; a sua fumaça subiu como fumaça de uma fornalha, e todo o monte tremia grandemente.

E o clangor da trombeta ia aumentando cada vez mais; Moisés falava, e Deus lhe respondia no trovão." Êxodo 19.16-19

Na esfera celestial, é agora, na revelação ao apóstolo João, quando o Senhor reunir o Seu povo celestial, no arrebatamento da Sua Igreja. O som que João ouve é como de trombeta.

Significa que a trombeta celestial não é exatamente igual à trombeta feita do chifre de carneiro, usada pelo povo de Israel naquela época.

Acesse o blog do bispo Edir Macedo e veja outros assuntos.

Comentário

Qual a sua opinião sobre essa matéria?
Lembramos que este espaço é reservado somente para comentários referentes à matéria em questão.
Somente comentários relevantes serão autorizados.
Pedidos de oração e orientação podem ser feitos na página do Pastor Online: www.universal.org/pastoronline.
Sugestões e reclamações podem ser enviados para redacao@universal.org.br.



Nossas Sugestões

Nossas sugestões

x
Próximo