USA
 

Justificados por Cristo

Aqueles que aceitam Jesus e prevalecem diante das lutas serão salvos

O apóstolo Paulo diz em Romanos 8:1 e 5:1: "Agora, pois nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus. Justificados, pois, mediante a fé, tenhamos paz com Deus, por meio do nosso Senhor Jesus Cristo".

Leitor, talvez você diga: "mas eu sou católico", ou "eu sou espírita" e "também creio em Jesus". Saiba, porém que você pode ser católico, espiritualista, evangélico e até mesmo membro da Igreja Universal do Reino de Deus, e ainda assim estar condenado à morte eterna.

"Mas, bispo Macedo, como isto é possível?" É possível porque não é a religião, ou o padre, ou o pastor ou a igreja que salva e o absolve perante o tribunal de Deus. Ninguém salva, a não ser o Senhor Jesus. Ele é que é o Salvador.

Não basta, entretanto, que aceitemos a Jesus, devemos estar continuamente revestidos da Sua presença, porque é através da fé exclusivamente nEle que passamos a ter paz com Deus - o Juiz dos juízes, que nos absolve e nos aceita, e nos faz enxertar na videira que é o Senhor Jesus.

Muitas pessoas são até exageradas e defendem mais a sua religião que a fé no Senhor Jesus. E dizem: "Ah, mas eu sou católico e vou à missa" ou "sou espiritualista, só faço o bem às pessoas".

Isto não significa nada. Fazer o bem é uma obrigação de nós todos, sendo cristãos ou não, pois a lei de Deus diz que devemos amar o nosso semelhante como a nós mesmos.

Nem é através de mérito ou caridade; nem tampouco, por frequentar a igreja, dar dízimos e ofertas. Não adianta você ter fé nas entidades ou nos ídolos mudos de pau e de pedra, pois é somente através do Senhor Jesus que nos tornamos limpos e justificados diante de Deus, e temos paz com Ele.

É necessário, entretanto, que além de aceitá-lo, façamos a Sua vontade, e crucifiquemos a nossa carne "porque os que se inclinam para a carne cogitam das cousas da carne; mas os que se inclinam para o Espírito, das coisas do Espírito. Porque o pendor da carne dá para a morte, mas o do Espírito, para a vida e paz. Por isso o pendor da carne é inimizade contra Deus, pois não está sujeita à lei de Deus, nem mesmo pode estar. Porquanto os que estão na carne não podem agradar a Deus" (Rm. 8:5.8).

Aqueles que vivem de acordo com os seus próprios objetivos, e desejos do seu coração, o amor do Pai não está neles.

Para pertencer a Jesus, temos que ter o Seu Espírito, e para isso devemos nos entregar totalmente a Ele, e moldar a nossa vida de acordo com a Sua vontade.

Saiba, leitor, que a sua salvação e a vida eterna são as coisas mais preciosas que existem em todo o mundo e em todo o universo, porque a vida da carne é apenas por tempo limitado, mas a vida do espírito é para toda a eternidade. E lá, na nova Jerusalém, só entrarão aqueles que entregarem a sua vida a Jesus, aqui na Terra. É aqui que você tem a chance da escolha e não após a morte.

Aquelas pessoas que aceitam Jesus e prevalecem quando vêm às lutas e perseguições serão salvas para toda a eternidade.

Fui salvo, e desde aquele dia eu sigo a Jesus. Mesmo sendo preso e continuamente perseguido, e apesar dos problemas, das circunstâncias adversas e das tempestades que vêm sobre a minha vida, nada poderá jamais arrancar do meu coração a minha fé no Senhor Jesus.

Permaneço firme e inabalável, porque eu sei o que me aguarda: "Porque para mim tenho por certo que os sofrimentos do tempo presente não são para comparar com a glória por vir a ser revelada em nós. A ardente expectativa da criação aguarda a revelação dos filhos de Deus" (Rm. 8:18.19). Nesse dia, os incrédulos, os abomináveis e os idólatras, aqueles que têm em seu coração qualquer outro deus que não seja o Senhor Jesus, vão ficar de fora, e jamais poderão entrar no Reino de Deus, porque não aceitaram a salvação que de graça Ele dá.

Portanto, meu amigo leitor, para seu próprio bem, aceite, hoje, a Jesus como seu único Senhor e Salvador.

Comentário



Nossas Sugestões

Nossas sugestões

x
Próximo