USA
 

Isaque na terra dos filisteus

Quando a pessoa tem a bênção de Deus, não importam as condições e o lugar onde está, porque a mão divina estará sempre sobre ela

Mesmo não tendo grande destaque entre os seus contemporâneos, Isaque foi um homem pacífico, que herdara de seu pai, Abraão, os imensos rebanhos e manadas. Contudo, a sua maior riqueza não estava na herança material de seu pai, mas na espiritual: com certeza, a fé que Abraão passou para ele. É como os talentos que os pais passam para os filhos. Com essa fé e munido de uma aliança com Deus, ele não teve receio de entrar numa terra inimiga e desenvolver o seu potencial.

Diz a Bíblia que:

"Semeou Isaque naquela terra e, no mesmo ano, recolheu cento por um, porque o Senhor o abençoava. Enriqueceu-se o homem, prosperou, ficou riquíssimo; possuía ovelhas e bois e grande número de servos, de maneira que os filisteus lhe tinham inveja.

E, por isso, lhe entulharam todos os poços que os servos de seu pai haviam cavado, nos dias de Abraão, enchendo-os de terra. Disse Abimeleque a Isaque: Aparta-te de nós, porque já és muito mais poderoso do que nós." Gênesis 26.12-16

Quando a pessoa tem a bênção de Deus, não importam as condições e o lugar onde está, porque a mão divina estará sempre sobre ela. Imagine o leitor como este homem foi bem-sucedido na terra dos filisteus: de cada semente que plantou, colheu cem vezes mais.

O normal seria de cada semente colher, no máximo, quarenta vezes mais, mas Isaque colheu mais que o dobro, enfrentando os problemas críticos da falta de água, porque os filisteus enchiam de terra os poços que Abraão deixara.

E o rei dos filisteus, sabendo que o Senhor era com Isaque, temeu-o e não ousou tentar fazer-lhe mal. Apenas lhe pediu que deixasse aquela região, uma vez que ele já estava muito mais poderoso que os próprios donos da terra.

Muitas vezes me pergunto: "Como seria a atitude dos cristãos de hoje se estivessem na situação de Isaque?" A verdade é que as gerações cristãs, nestes últimos tempos, estão cada vez mais acovardadas diante dos desafios que o Senhor Deus nos tem permitido passar neste mundo. A maioria dos cristãos de hoje está acuada diante das ameaças satânicas, e Deus nos tem dado o nome de Jesus, o Espírito Santo e as promessas de Jesus para avançar e conquistar todos os nossos direitos da aliança com Deus, mas poucos estão fazendo isso!

E por quê? Simplesmente porque existe um espírito de covardia reinando na Igreja do Senhor Jesus. Há medo do diabo, em vez de temor ao Senhor, e, por isso, a Igreja fica estagnada e emperrada no charco deste mundo.

A Bíblia afirma que: "Quem somente observa o vento nunca semeará, e o que olha para as nuvens nunca segará." (Eclesiastes 11.4). E é exatamente isso o que a Igreja do Senhor Jesus está fazendo neste mundo! Ela se acanha diante das investidas do diabo e fica inoperante para a glória de Deus.

Isaque teve visão e entendimento: visão para ver que aquela terra era boa para semear e entendimento para saber que havia um pacto entre ele e Deus, e que, por isso mesmo, o seu investimento não podia dar errado, ainda que tivesse de suportar a inveja dos moradores daquela terra e todas as demais dificuldades que lhe foram impostas. Tinha a certeza da vitória e era tudo de que precisava para semear. Este é o caráter do homem que agrada a Deus, e este é o caráter que Deus espera da sua Igreja!

Comentário



Nossas Sugestões

Nossas sugestões

x
Próximo