USA
 

Jovens têm excesso de gordura no sangue

Pesquisa mostra que mais de 50% deles sofrem desse mal

Com a popularização dos fast-food, jovens e crianças vêm aumentando a ingestão de comida industrializada e, com isso, apresentado mais doenças de adulto. Uma pesquisa realizada por médicos do Hospital Pro Criança Cardíaca, no Rio de Janeiro, com dois mil pacientes na faixa dos 5 aos 20 anos de idade constatou que 53,2% dos jovens e crianças têm excesso de gorduras no sangue; 63% se alimentam de forma errada, 2% são hipertensos, 47,4% são sedentários e 7,5% estão acima do peso.

De acordo com o estudo, que também foi realizado pelo Instituto do Coração em São Paulo, uma em cada dez crianças do País está com o sangue repleto de gorduras ruins. O sedentarismo também contribui para o aumento do colesterol, excesso de peso e hipertensão. Segundo os cardiologistas, as crianças não deveriam ficar além de duas horas sem atividade física e atualmente ficam em média quatro horas ou de frente à TV, ao computador ou jogando videogame.

O que fazer?

Os médicos alertam que é preciso incentivar os jovens e as crianças a consumirem menos açúcar, gorduras saturadas e frituras, como manteiga, queijo amarelo, pizzas, embutidos e achocolatados. Um cardápio saudável deve conter carnes magras, cereais, linhaça, óleo de canola, farelo de aveia, mais legumes, verduras e frutas. E além, é claro, da prática de exercícios físicos.

Comentário



Nossas Sugestões

Nossas sugestões

x
Próximo