USA
 

Cientistas norte-americanos desenvolvem injeção para eliminar gordura

Pequenas cápsulas recheadas com um tipo de célula promove a queima da gordura local sem afetar o resto do corpo

 

Em busca de um corpo perfeito, homens e mulheres têm procurado as academias a fim de eliminar as tão indesejadas gordurinhas.  Com a chegada do verão, nada é mais incômodo do que ir a uma praia e não ficar à vontade.

Porém, definir a massa muscular exige, acima de tudo, uma rigorosa força de vontade, acompanhada de uma dieta ou uma reeducação alimentar, onde geralmente tudo que é considerado um veneno para o corpo parece perseguir todos os que sonham em ter uma silhueta perfeita.

Para os que não são fãs de atividades físicas e alimentação regrada, há fórmulas que prometem verdadeiros milagres, algumas baratas, outras caras, mas todas com um ideal: eliminar toda a gordura em dias ou semanas, fazendo o corpo sofrer transformações diárias. Mas é preciso destacar também o efeito que causam em algumas pessoas, como alternância de humor, dores e desconfortos.

Agora, cientistas norte-americanos estão criando uma injeção que queima gorduras. Segundo estudo da Universidade de Ohio, nos Estados Unidos, divulgado pelo jornal The Sun, no futuro, isso pode depender apenas de uma aplicação.

Durante a pesquisa, os cientistas desenvolveram pequenas cápsulas recheadas com um tipo de célula que promove a queima da gordura local, sem afetar o resto do corpo. Essa célula, encontrada em animais e bebês, liberam sinais que alteram tecidos, fazendo com que a gordura seja consumida pelo organismo e não acumulada.

Os testes realizados em ratos demonstraram que a redução chega a 10% no peso corporal em 1 mês. A expectativa é de que novos estudos confirmem a eficiência do método e que, em 6 anos, as injeções possam ser usadas em humanos.

Comentário



Nossas Sugestões

Nossas sugestões

x
Próximo