USA
 

Por que ficamos vermelhos?

Saiba o que aciona o hormônio da adrenalina em nosso organismo

Em uma situação de constrangimento, quando nos sentimos envergonhados, é muito comum ficarmos vermelhos, principalmente na região das bochechas. Essa ruborização que nos acomete de repente é uma reação involuntária.

Veja também:

O organismo libera adrenalina, hormônio que age como um estimulante natural, gerando assim algumas reações como o rosto quente e vermelho. Isso acontece porque a adrenalina acelera a respiração e o batimento cardíaco. Os vasos sanguíneos dilatam, favorecendo o fluxo de sangue, mais do que o normal.

A pele do rosto – assim como a planta dos pés, a palma das mãos e os lábios, partes muito expostas ao frio – apresenta uma vascularização maior em relação à pele da maior parte do organismo. Se a pele é negra ou de tons mais escuros, o fluxo de sangue não é percebido pelos outros, mas a pessoa se dá conta da ruborização, devido ao calor na região.

Fúria

Outra interpretação sugere que a ruborização é ocasionada pela fúria. Essa explicação defende que ficamos vermelhos quando somos pegos de surpresa por algo ou alguém que não nos agrade.

Timidez e fobia social

Timidez e fobia social são causas constantes de ruborização. O medo é um sinal constrangedor, um indicador de que a pessoa não está à vontade e, por isso, comumente é julgada também como uma pessoa nervosa.

Comentário



Nossas Sugestões

Nossas sugestões

x
Próximo