USA
 

Leia a Bíblia em 1 ano - 140º dia

Números 29, Salmos 73 e Isaías 21

“O meu povo está sendo destruído, porque lhe falta o conhecimento...”  Oséias 4.6

Conhecer a Bíblia é muito importante para todos nós, especialmente nos momentos mais difíceis de nossas vidas, pois Deus fala conosco por meio de Sua Palavra. O Espírito Santo nos conduz, nos orienta, e quando passamos por tribulações, Ele nos faz lembrar do que está escrito na Bíblia, de uma Palavra de Deus que nos conforte. Mas só nos lembraremos se tivermos conhecimento Dela.

Por isso, elaboramos um plano para que você leia a Bíblia em 1 ano. Se você ainda não começou, clique aqui e comece agora, não deixe para amanhã. Você verá o quanto isso transformará a sua vida.

Se você já está nesse propósito, acompanhe a leitura de hoje:

Números 29

29.1 No primeiro dia do sétimo mês, tereis santa convocação; nenhuma obra servil fareis; ser-vos-á dia do sonido de trombetas.
29.2 Então, por holocausto, de aroma agradável ao SENHOR, oferecereis um novilho, um carneiro e sete cordeiros de um ano, sem defeito;
29.3 e, pela sua oferta de manjares de flor de farinha, amassada com azeite, três décimas de um efa para o novilho, duas décimas para o carneiro
29.4 e uma décima para cada um dos sete cordeiros;
29.5 e um bode, para oferta pelo pecado, para fazer expiação por vós,
29.6 além do holocausto do mês e a sua oferta de manjares, do holocausto contínuo e a sua oferta de manjares, com as suas libações, segundo o seu estatuto, em aroma agradável, oferta queimada ao SENHOR.
29.7 No dia dez deste sétimo mês, tereis santa convocação e afligireis a vossa alma; nenhuma obra fareis.
29.8 Mas, por holocausto, em aroma agradável ao SENHOR, oferecereis um novilho, um carneiro e sete cordeiros de um ano; ser-vos-ão eles sem defeito.
29.9 Pela sua oferta de manjares de flor de farinha, amassada com azeite, oferecereis três décimas de um efa para o novilho, duas décimas para o carneiro
29.10 e uma décima para cada um dos sete cordeiros;
29.11 um bode, para oferta pelo pecado, além da oferta pelo pecado, para fazer expiação, e do holocausto contínuo, e da sua oferta de manjares com as suas libações.
29.12 Aos quinze dias do sétimo mês, tereis santa convocação; nenhuma obra servil fareis; mas sete dias celebrareis festa ao SENHOR.
29.13 Por holocausto em oferta queimada, de aroma agradável ao SENHOR, oferecereis treze novilhos, dois carneiros e catorze cordeiros de um ano; serão eles sem defeito.
29.14 Pela oferta de manjares de flor de farinha, amassada com azeite, três décimas de um efa para cada um dos treze novilhos, duas décimas para cada um dos dois carneiros
29.15 e uma décima para cada um dos catorze cordeiros;
29.16 e um bode, para oferta pelo pecado, além do holocausto contínuo, a sua oferta de manjares e a sua libação.
29.17 No segundo dia, oferecereis doze novilhos, dois carneiros, catorze cordeiros de um ano, sem defeito,
29.18 com a oferta de manjares e as libações para os novilhos, para os carneiros e para os cordeiros, conforme o seu número, segundo o estatuto,
29.19 e um bode, para oferta pelo pecado, além do holocausto contínuo, a sua oferta de manjares e a sua libação.
29.20 No terceiro dia, oferecereis onze novilhos, dois carneiros, catorze cordeiros de um ano, sem defeito,
29.21 com a oferta de manjares e as libações para os novilhos, para os carneiros e para os cordeiros, conforme o seu número, segundo o estatuto,
29.22 e um bode, para oferta pelo pecado, além do holocausto contínuo, a sua oferta de manjares e a sua libação.
29.23 No quarto dia, dez novilhos, dois carneiros, catorze cordeiros de um ano, sem defeito,
29.24 com a oferta de manjares e as libações para os novilhos, para os carneiros e para os cordeiros, conforme o seu número, segundo o estatuto,
29.25 e um bode, para oferta pelo pecado, além do holocausto contínuo, a sua oferta de manjares e a sua libação.
29.26 No quinto dia, nove novilhos, dois carneiros, catorze cordeiros de um ano, sem defeito,
29.27 com a oferta de manjares e as libações para os novilhos, para os carneiros e para os cordeiros, conforme o seu número, segundo o estatuto,
29.28 e um bode, para oferta pelo pecado, além do holocausto contínuo, a sua oferta de manjares e a sua libação.
29.29 No sexto dia, oito novilhos, dois carneiros, catorze cordeiros de um ano, sem defeito,
29.30 com a oferta de manjares e as libações para os novilhos, para os carneiros e para os cordeiros, conforme o seu número, segundo o estatuto,
29.31 e um bode, para oferta pelo pecado, além do holocausto contínuo, a sua oferta de manjares e a sua libação.
29.32 No sétimo dia, sete novilhos, dois carneiros, catorze cordeiros de um ano, sem defeito,
29.33 com a oferta de manjares e as libações para os novilhos, para os carneiros e para os cordeiros, conforme o seu número, segundo o estatuto,
29.34 e um bode, para oferta pelo pecado, além do holocausto contínuo, a sua oferta de manjares e a sua libação.
29.35 No oitavo dia, tereis reunião solene; nenhuma obra servil fareis;
29.36 e, por holocausto, em oferta queimada de aroma agradável ao SENHOR, oferecereis um novilho, um carneiro, sete cordeiros de um ano, sem defeito,
29.37 com a oferta de manjares e as libações para o novilho, para o carneiro e para os cordeiros, conforme o seu número, segundo o estatuto,
29.38 e um bode, para oferta pelo pecado, além do holocausto contínuo, a sua oferta de manjares e a sua libação.
29.39 Estas coisas oferecereis ao SENHOR nas vossas festas fixas, além dos vossos votos e das vossas ofertas voluntárias, para os vossos holocaustos, as vossas ofertas de manjares, as vossas libações e as vossas ofertas pacíficas.
29.40 E falou Moisés aos filhos de Israel, conforme tudo o que o SENHOR lhe ordenara.

Salmos 73

73.1 [Salmo de Asafe] Com efeito, Deus é bom para com Israel, para com os de coração limpo.
73.2 Quanto a mim, porém, quase me resvalaram os pés; pouco faltou para que se desviassem os meus passos.
73.3 Pois eu invejava os arrogantes, ao ver a prosperidade dos perversos.
73.4 Para eles não há preocupações, o seu corpo é sadio e nédio.
73.5 Não partilham das canseiras dos mortais, nem são afligidos como os outros homens.
73.6 Daí, a soberba que os cinge como um colar, e a violência que os envolve como manto.
73.7 Os olhos saltam-lhes da gordura; do coração brotam-lhes fantasias.
73.8 Motejam e falam maliciosamente; da opressão falam com altivez.
73.9 Contra os céus desandam a boca, e a sua língua percorre a terra.
73.10 Por isso, o seu povo se volta para eles e os tem por fonte de que bebe a largos sorvos.
73.11 E diz: Como sabe Deus? Acaso, há conhecimento no Altíssimo?
73.12 Eis que são estes os ímpios; e, sempre tranqüilos, aumentam suas riquezas.
73.13 Com efeito, inutilmente conservei puro o coração e lavei as mãos na inocência.
73.14 Pois de contínuo sou afligido e cada manhã, castigado.
73.15 Se eu pensara em falar tais palavras, já aí teria traído a geração de teus filhos.
73.16 Em só refletir para compreender isso, achei mui pesada tarefa para mim;
73.17 até que entrei no santuário de Deus e atinei com o fim deles.
73.18 Tu certamente os pões em lugares escorregadios e os fazes cair na destruição.
73.19 Como ficam de súbito assolados, totalmente aniquilados de terror!
73.20 Como ao sonho, quando se acorda, assim, ó Senhor, ao despertares, desprezarás a imagem deles.
73.21 Quando o coração se me amargou e as entranhas se me comoveram,
73.22 eu estava embrutecido e ignorante; era como um irracional à tua presença.
73.23 Todavia, estou sempre contigo, tu me seguras pela minha mão direita.
73.24 Tu me guias com o teu conselho e depois me recebes na glória.
73.25 Quem mais tenho eu no céu? Não há outro em quem eu me compraza na terra.
73.26 Ainda que a minha carne e o meu coração desfaleçam, Deus é a fortaleza do meu coração e a minha herança para sempre.
73.27 Os que se afastam de ti, eis que perecem; tu destróis todos os que são infiéis para contigo.
73.28 Quanto a mim, bom é estar junto a Deus; no SENHOR Deus ponho o meu refúgio, para proclamar todos os seus feitos.

Isaías 21

21.1 Sentença contra o deserto do mar. Como os tufões vêm do Sul, ele virá do deserto, da horrível terra.
21.2 Dura visão me foi anunciada: o pérfido procede perfidamente, e o destruidor anda destruindo. Sobe, ó Elão, sitia, ó Média; já fiz cessar todo gemer.
21.3 Pelo que os meus lombos estão cheios de angústias; dores se apoderaram de mim como as de parturiente; contorço-me de dores e não posso ouvir, desfaleço-me e não posso ver.
21.4 O meu coração cambaleia, o horror me apavora; a noite que eu desejava se me tornou em tremores.
21.5 Põe-se a mesa, estendem-se tapetes, come-se e bebe-se. Levantai-vos, príncipes, untai o escudo.
21.6 Pois assim me disse o Senhor: Vai, põe o atalaia, e ele que diga o que vir.
21.7 Quando vir uma tropa de cavaleiros de dois a dois, uma tropa de jumentos e uma tropa de camelos, ele que escute diligentemente com grande atenção.
21.8 Então, o atalaia gritou como um leão: Senhor, sobre a torre de vigia estou em pé continuamente durante o dia e de guarda me ponho noites inteiras.
21.9 Eis agora vem uma tropa de homens, cavaleiros de dois a dois. Então, ergueu ele a voz e disse: Caiu, caiu Babilônia; e todas as imagens de escultura dos seus deuses jazem despedaçadas por terra.
21.10 Oh! Povo meu, debulhado e batido como o trigo da minha eira! O que ouvi do SENHOR dos Exércitos, Deus de Israel, isso vos anunciei.
21.11 Sentença contra Dumá. Gritam-me de Seir: Guarda, a que hora estamos da noite? Guarda, a que horas?
21.12 Respondeu o guarda: Vem a manhã, e também a noite; se quereis perguntar, perguntai; voltai, vinde.
21.13 Sentença contra a Arábia. Nos bosques da Arábia, passareis a noite, ó caravanas de dedanitas.
21.14 Traga-se água ao encontro dos sedentos; ó moradores da terra de Tema, levai pão aos fugitivos.
21.15 Porque fogem de diante das espadas, de diante da espada nua, de diante do arco armado e de diante do furor da guerra.
21.16 Porque assim me disse o Senhor: Dentro de um ano, tal como o de jornaleiro, toda a glória de Quedar desaparecerá.
21.17 E o restante do número dos flecheiros, os valentes dos filhos de Quedar, será diminuto, porque assim o disse o SENHOR, Deus de Israel.

O que você aprendeu com a leitura de hoje? Deixe seu comentário.

E não desanime. Continue firme para ler a Bíblia em 1 ano, aqui no Universal.org.

Acompanhe a leitura do 139º dia clicando aqui.

Acompanhe a leitura do 141º dia clicando aqui.

Comentários

Lembramos que este espaço é reservado somente para comentários referentes à matéria em questão. Somente comentários relevantes serão autorizados. Pedidos de oração e orientação podem ser feitos na página do Pastor Online: www.universal.org/pastoronline. Sugestões e reclamações podem ser enviados para redacao@sp.universal.org.br.

Nossas Sugestões

Nossas sugestões

x
Anterior Próximo