USA
 

A lista que pode salvar o seu casamento

Renato Cardoso revela o que ele e a esposa, Cristiane, fizeram para dar uma guinada no relacionamento

Quem já leu “Casamento Blindado” conhece bem a história do casal Renato e Cristiane Cardoso, autores do livro.

Na publicação, o casal relata com riqueza de detalhes os problemas que permearam o casamento deles nos 12 primeiros anos e revela como conseguiriam vencer cada um deles.

Da famosa discussão que deu o start na transformação do relacionamento, que o casal tanto almejava – ficou curioso para saber que discussão foi essa? Adquira o livro aqui –, surgiu também uma famosa lista.

Eles contam que, naquela mesma noite (a da discussão), eles decidiram deixar de lado as emoções e fazer algo racional e de fato prático para resolver aqueles problemas que geravam tanta insatisfação e frustração em ambos dentro do relacionamento.

De cabeça fria, eles se sentaram e cada um fez uma lista na qual relacionava tudo aquilo que o outro fazia, ou deixava de fazer, que o entristecia. Renato fez uma lista de tudo que considerava que Cristiane precisava mudar, ou melhorar, para fazê-lo feliz. Cristiane fez o mesmo em relação a Renato. Trocaram as listas entre si.

É preciso focar nos próprios defeitos

A estratégia era a seguinte: em vez de um ficar apontando os erros do outro e continuar a viver em "pé de guerra", a partir daquele momento, eles iriam focar nos próprios defeitos e trabalhar neles. Tudo em prol de um objetivo maior e em comum: salvar o casamento.

“Essa lista fez com que parássemos de olhar um para os defeitos do outro e a começar a olhar para nós mesmos, para aquilo que tínhamos de fazer individualmente para melhorar o nosso relacionamento”, destaca Renato.

Outro detalhe importante que ele cita é que não importa se você concorda ou não com o que a outra pessoa escreveu. O seu compromisso é se empenhar para mudar naquele ponto que foi listado, pois, se isso faz o outro infeliz, então para o bem do relacionamento deve ser cortado. Foi o que eles fizeram. E funcionou.

Para fazer a lista, os dois focaram fundamentalmente em duas categorias:

1ª categoria: Listar tudo aquilo que entristecesse o outro e trabalhar para mudar e melhorar em cada coisa

2ª categoria: Listar as coisas boas que fariam um pelo outro a partir dali

“Ainda hoje eu tenho essa lista, e hoje é uma alegria olhar para aquela lista de coisas e ver que todas as metas que nós escrevemos um para o outro se tornaram realidade no nosso casamento. E já há muito tempo que também nós não temos nenhum dos problemas que colocamos naquela lista — e olha que havia quase 20 pontos diferentes”, lembra Renato.

Assim como eles fizeram, você também pode fazer a sua própria lista e começar a trabalhar nela. Se funcionou para eles, certamente vai funcionar para você também. E ela pode ser aplicada em qualquer outra área da vida.

Renato dá algumas sugestões:

  • Você pode, por exemplo, escrever uma lista de coisas que você não vai mais tolerar em sua vida.
  • Ou fazer uma lista das coisas que quer alcançar antes dos 40 anos de idade.
  • Ou quem sabe determinar três coisas que você vai fazer para ficar mais conectado com Deus, mais forte na sua fé.

“Enfim, pense no que é realmente importante na sua vida neste momento e use o poder de uma lista bem pensada para lhe ajudar. Não ignore o que eu estou falando aqui, vá e faça. Um dia você vai me agradecer”, aconselha Renato.

Compartilhe nas redes sociais.

Comentários

Lembramos que este espaço é reservado somente para comentários referentes à matéria em questão. Somente comentários relevantes serão autorizados. Pedidos de oração e orientação podem ser feitos na página do Pastor Online: www.universal.org/pastoronline. Sugestões e reclamações podem ser enviados para redacao@sp.universal.org.br.

Nossas Sugestões

Nossas sugestões

x
Próximo