USA
 

Para começar o ano na direção certa

Saiba como foi a "Vigília da Virada" no Templo de Salomão

O ano de 2016 não foi fácil para o Brasil nem para o mundo e isso parece uma unanimidade. Escândalos de corrupção, impeachment no Brasil, guerras, refugiados ao redor do mundo, crises econômica e política e índices de desemprego crescentes. Contudo, mesmo com uma previsão negativa, o ano de 2017 foi esperado com muita expectativa.

Se tudo dependesse dos anseios por um ano excelente, tudo bem, mas sabemos que não é assim que funciona. É preciso estar apto para tomar as decisões certas e que farão a diferença em nossas vidas. E o que poderia nos capacitar para isso senão a fé?

Com esse objetivo, cerca de 10 mil pessoas compareceram à “Vigília da Virada” no Templo de Salomão, na capital paulista. A reunião aconteceu no dia 31 de dezembro e teve início às 22 horas (horário de Brasília). Mas será que passar as últimas horas do ano e os primeiros minutos do novo ano na Universal, fazendo orações, faz a diferença?

O bispo Clodomir Santos afirmou que somente orações feitas e recebidas não são suficientes para uma mudança verdadeira na vida de uma pessoa. Ele explicou que, enquanto a pessoa não se deixa mudar, colocando a vida à disposição do Senhor Jesus, ela será uma pessoa frustrada, vivendo sempre na ilusão de que um novo ano, um novo emprego ou um novo casamento trarão alguma satisfação. Tudo isso será em vão enquanto ela não resolver o maior problema que tem, que é o da alma.

Era o que acontecia com o consultor de tecnologia Flavio Guedes e sua esposa, a hair stylist Joelma Guedes (foto ao lado). Seguindo a tradição, Joelma conta que se vestia de branco para que o ano fosse de paz, mas não adiantava nada, porque no outro dia as confusões em família e as desilusões amorosas ainda estavam lá. “Não existia paz na alma, não existia felicidade verdadeira, tudo era ilusão, a alma continuava doente. O exterior aparentemente estava feliz usando apenas uma roupa nova e era só isso mais nada”, relembra. O mesmo acontecia com Flávio, que durante os festejos se sentia bem aquelas poucas horas, mas logo o vazio e a tristeza voltavam. “O que eu precisava era cuidar da minha alma. Ela estava doente, sedenta por algo que naquele tempo eu não sabia o que era.”

O bispo Clodomir ressaltou que o problema é que as pessoas vivem na dependência de coisas ou pessoas, mas não vivem na dependência da Palavra de Deus e, com isso, o diabo as mantêm distraídas com as necessidades deste mundo e não as deixa atentar para a necessidade da alma. Necessidades que só podem ser supridas por meio da obediência irrestrita à Palavra de Deus.

“Assim que tomei a decisão de viver pela Palavra obedecendo tudo o que ela orienta, tive experiências maravilhosas. A paz que eu tanto precisava veio de uma forma sublime e não foi mais embora. A partir de então, a minha alma estava curada, não existiam mais complexos, desilusões nada mais”, ressaltou Joelma.

Brasil x Singapura

O oficial do consulado do Brasil em Singapura, Nelson Portillo (foto ao lado, à esq.), vive na Ásia há 23 anos. Ele já havia participado outras cinco vezes das reuniões de virada do ano na Universal, mas desta vez foi especial.

Ele e sua família enfrentaram 22 horas de voo para participar da reunião no Templo de Salomão e saíram com as expectativas superadas. “Chegamos cansados, mas quando a reunião começou todo cansaço desapareceu. Fomos reavivados pelo Espírito Santo. O Templo é um lugar sagrado e a experiência de estar na virada do ano aqui foi única. Saímos da vigília renovados, cheios do Espírito de Deus, com a certeza de que Ele é conosco e que este ano será de lutas, mas com a certeza da vitória”, relatou.

Entrega verdadeira

Quando há uma entrega verdadeira a pessoa é sustentada todo tempo por Deus. “É o Espírito da Palavra que sustenta e, quanto maior o problema, maior a alegria. As dúvidas e as preocupações surgem, mas, como você tem se alimentado dessa Palavra, você supera e porque vive nessa obediênciasabe que tudo coopera para o seu bem”, destacou o bispo. Centenas de pessoas se renderam diante do Altar para entregar a vida a Deus e todos começaram o novo ano participando da Santa Ceia.

A proposta para o novo ano é: viva fundamentado na Palavra de Deus. Dessa forma, mesmo com todas as lutas, não tem como 2017 não ser um ano de coisas melhores e maiores. Na prática da fé tudo sairá bem.

Veja as novas instruções para participação nas reuniões do Templo de Salomão clicando aqui. Para obter outras informações, você também pode entrar em contato com a Central de Informações do Templo de Salomão: (11) 3573-3535 ou info@otemplodesalomao.com

Comentários

Lembramos que este espaço é reservado somente para comentários referentes à matéria em questão. Somente comentários relevantes serão autorizados. Pedidos de oração e orientação podem ser feitos na página do Pastor Online: www.universal.org/pastoronline. Sugestões e reclamações podem ser enviados para redacao@sp.universal.org.br.

Nossas Sugestões

Nossas sugestões

x
Próximo