USA
 

Em qual área do casamento é importante investir?

Casal russo gasta 1 bilhão de dólares em cerimônia. Mas é preciso mais que isso para uma união dar certo. Entenda

O casamento mais caro de 2016 custou 1 bilhão de dólares, mais de 3 bilhões de reais. A cerimônia aconteceu na Rússia, entre o filho de um empresário do ramo do petróleo, Said Gutseriev, e uma estudante de odontologia, Khadija Uzhakhovs.

Os noivos convidaram 600 pessoas para um dos hotéis mais luxuosos de Moscou e, em agradecimento à presença deles, deram como “lembrancinha” uma caixa de joias para cada um.

O vestido da noiva foi feito em Paris, pelo renomado estilista Elie Saab. Bordado de brilhantes e pesando 11 quilos, ele custou o equivalente a 72 mil reais. Combinando, uma tiara de diamantes e um colar de pedras preciosas.

A música ficou por conta do cantor Enrique Iglesias, que cobrou 2 milhões de reais para cantar durante 30 minutos; Sting, que recebeu 5 milhões pelo mesmo tempo de show; e Jennifer Lopez, que se apresentou durante 1 hora por um cachê de aproximadamente 18 milhões de reais.

Alguns dias depois, os noivos e convidados viajaram para Londres, a fim de continuar a festa. Jornais russos afirmaram que a programação contava com shows particulares de Elton John e Beyoncé.

Sem dúvida foram dias inesquecíveis na vida dos envolvidos.

Bases sólidas

Cerimônias matrimoniais, em geral, custam caro. Said e Khadija gastaram mais do que a maioria das pessoas, mas, mesmo assim, apenas entraram para as altas cifras das empresas especializadas em casamentos.

De acordo com a Associação Brasileira de Eventos (Abrafesta), os casamentos e as festas de debutantes no Brasil movimentaram quase 17 bilhões de reais somente em 2016. Uma única cerimônia custa, em média, 40 mil reais.

Certamente os casais podem casar como acharem melhor, desde que dentro da lei. No entanto, é necessário lembrar que a cerimônia não é o fim de algo, mas sim o início de uma longa vida.

“Infelizmente, muitos casais se dão por conquistados no dia do casamento. Agem como se o esforço de conquistar a outra pessoa tivesse acabado quando partiram para a lua de mel. Pronto, casamos. Fato consumado”, afirma o livro "Casamento Blindado", de Renato e Cristiane Cardoso. “Colegas, aqui vai um aviso: o jogo apenas começou. Se pararmos de trabalhar para manter o casamento, perderemos o jogo.”

De acordo com os escritores, mais importante do que as festas de casamento são as bases sobre as quais essa união é construída. É necessário trabalhar intensamente para fazer o relacionamento durar mais do que alguns meses.

“Casamentos felizes dão trabalho e não acontecem por acaso. Quando você vê um casal que está junto por muitos anos e vivendo bem, saiba que aquele casamento não é fruto de sorte. Não é porque ‘foram feitos um para o outro’ nem porque ‘combinam bem’. Se olharmos mais de perto, vamos verificar que aquele casal trabalha constantemente na manutenção do casamento”, garantem Renato e Cristiane.

Blindando a vida a dois

Não importa o quanto é gasto na cerimônia, se o casal não blindar o casamento, ele será atingido pela sociedade. Mais do que investir na cerimônia,  o importante é investir no relacionamento.

“Aqui vai um alerta aos que ainda não despertaram: as forças da sociedade conspiram contra o casamento e a família – e os seus ataques estão cada vez mais fortes.”

Portanto, se você preza o seu relacionamento e não quer se tornar mais uma estatística, blindar o seu casamento é fundamental para a sua sobrevivência. "É hora de defender e proteger o seu maior investimento, antes que seja tarde demais”, concluem Renato e Cristiane.

Para isso, participe da Terapia do Amor, que acontece todas as quintas-feiras, na Universal.

Comentários

Lembramos que este espaço é reservado somente para comentários referentes à matéria em questão. Somente comentários relevantes serão autorizados. Pedidos de oração e orientação podem ser feitos na página do Pastor Online: www.universal.org/pastoronline. Sugestões e reclamações podem ser enviados para redacao@sp.universal.org.br.

Nossas Sugestões

Nossas sugestões

x
Anterior Próximo