USA
 

Não tente enganar a Deus

Não se esconda atrás de obrigações. Leia e entenda

Um certo Ananias e sua esposa, Safira, tentaram enganar a Deus. Vendo que outros vendiam os seus pertences e doavam aos apóstolos para distribuírem entre os que mais necessitavam, o casal quis também ser beneficiado diante de Deus, mas fazendo as coisas conforme lhe era mais conveniente:

Vendeu uma propriedade, E reteve parte do preço, sabendo-o também sua mulher; e, levando uma parte, a depositou aos pés dos apóstolos.” Atos 5.1,2

Questionados sobre o valor da propriedade vendida, Ananias e Safira alegaram ser o mesmo que estavam doando. Ou seja, quiseram mentir para Deus, obter a Graça alcançada por outros que doaram tudo o que tinham.

Pedro, o apóstolo que tomava a frente naquela situação, soube no mesmo momento o que se passava:

Ananias, por que encheu Satanás o teu coração, para que mentisses ao Espírito Santo, e retivesses parte do preço da herdade? Guardando-a não ficava para ti? E, vendida, não estava em teu poder? Por que formaste este desígnio em teu coração? Não mentiste aos homens, mas a Deus.” Atos 5.3,4

E ali mesmo, tanto o mentiroso quanto a mentirosa expiraram.

Por que mentir?

Ananias e sua esposa se dispuseram a dar sacrifício para Deus. Conforme o próprio Pedro disse, eles poderiam ter permanecido com a sua propriedade, ou mesmo vendido e ficado com o dinheiro para si. Nem Deus nem os Seus obreiros obrigaram o casal a fazer qualquer doação. Por que então mentiram?

“Eles queriam demonstrar uma coisa que não eram”, afirma o bispo Júlio Freitas, em seu blog. “Quer dizer, existia hipocrisia, falsidade e religiosidade.”

Muitas pessoas, ainda hoje, se escondem atrás de obrigações para fingirem ser quem não são. De acordo com o bispo, elas fazem as suas ofertas, evangelizam, leem a Bíblia, mas sempre de sua própria maneira, não conforme a Palavra indica. Fazem a contragosto ou “quando têm um tempo livre”. Acreditam que mesmo dessa maneira obterão os favores de Deus. Mas Ele não precisa desse tipo de atitude.

“Por isso, não tente comprar as coisas de Deus, nem fazer as coisas do seu jeito, nem O tente enganar, porque Ele não precisa de nada”, afirma o bispo.

Ao contrário, quem precisa dEle é o homem, por isso é necessário que esse vença a sua hipocrisia, o seu orgulho, o seu desânimo, a sua dúvida. É necessário entregar-se totalmente na fé.

“O casal bíblico tinha necessidade disso? Não. Porque nós não somos obrigados a nada. Mas se formos fazer as coisas para Deus, essas têm que ser feitas com temor, fé, devoção e carinho, e não por imposição ou obrigação, porque Deus ama o doador alegre”, conclui o bispo Júlio.

Para saber mais sobre o que acontece com quem faz as suas ofertas e orações demonstrando o que não é, clique aqui.

Comentários

Lembramos que este espaço é reservado somente para comentários referentes à matéria em questão. Somente comentários relevantes serão autorizados. Pedidos de oração e orientação podem ser feitos na página do Pastor Online: www.universal.org/pastoronline. Sugestões e reclamações podem ser enviados para redacao@sp.universal.org.br.

Nossas Sugestões

Nossas sugestões

x
Próximo