USA
 

10 tipos de homem com quem uma mulher cristã não deve se casar

Saiba fugir dos “caras errados” e não ceda às cobranças dos amigos e da família

E aí, você está namorando... casou?” A pergunta soa mais que familiar aos ouvidos dos solteiros, afinal, já é de praxe. Você olha para um lado e vê uma porção de casais. Então, você acessa o Facebook com o intuito de se distrair e tem a impressão de que todos os seus amigos resolveram postar declarações de amor e fotos românticas na mesma hora. Difícil não ter a sensação de que o mundo gira “contra” os solteiros.

E não são apenas as mulheres que sofrem a pressão por parte dos amigos e da família, nem mesmo os homens escapam. Porém, em meio a tudo isso, é preciso ter os pés firmes no chão para não cair na tentação de se envolver com o primeiro homem que aparecer, sendo ele o “certo” ou não. Afinal, você, mulher, não quer apenas trocar o seu “status” na rede social, não é mesmo?

O jornalista e escritor norte-americano J.Lee Grady listou 10 tipos principais de “caras errados” com quem, provavelmente, uma mulher cristã não quer se casar. Veja quais são:

1º O incrédulo

Ele pode até “aceitar bem” o fato de você ser convertida e recusar o sexo antes do casamento, mas esses não são os principais motivos que você deve levar em conta ao analisar o perfil do seu futuro marido. “E se ele for à igreja comigo às vezes?” Faça uma autoanálise e reflita se as suas mudanças mais significativas aconteceram quando você era apenas uma simples frequentadora da igreja ou quando você se entregou, de fato e de verdade, ao Senhor Jesus. A resposta vai confirmar o que você, no fundo, já sabe.

2º O mentiroso

Se você percebe que ele costuma omitir certas coisas de você e está sempre deletando o histórico, emails, mensagens e tudo quanto for algum tipo de “rastro”, fique atenta para não sofrer uma decepção. Se ele mente sobre o passado, por “menor” que seja a mentira, reflita se ele é uma pessoa confiável ou não. Lembre-se de que confiança é a base de um casamento feliz.

3º O playboy

Ele pode ter um bom papo, ser bonito e inteligente nas paqueras, mas tenha muita cautela até conhecê-lo bem. Há muitos homens dentro da igreja que aparentam viver em pureza sexual, quando, na verdade, são galanteadores, sempre “conquistando corações” por onde passam. Se você se casa com um homem que estava dormindo com outras mulheres por aí antes de se casar, certamente ele fará o mesmo depois do casamento.

4º O irresponsável

Responsabilidade e consciência com dinheiro não está no dicionário de muitos homens. Alguns têm o hábito de pedir emprestado o tempo todo (e não pagar), ou vivem em uma dívida sem fim. Ainda há os que vieram de outros relacionamentos com filhos e que não prestam nenhum apoio emocional ou financeiro para a família anterior. Se ele é capaz de fazer isso com quem tem laços mais fortes, por que não faria com você, que entrou agora na vida dele?

5º O viciado

Ele pode se definir “cristão” e ainda não ter sido liberto de vícios, seja álcool, drogas, jogos, pornografia, etc. Aprenda a detectar qualquer sinal antes e buscar ajuda espiritual e profissional, se for preciso. Se ele se recusar, não dê nenhum passo no relacionamento até ver progresso e eventualmente, a cura. Afinal, você não quer descobrir nada disso depois da lua de mel, não é?

6º O oportunista

Não espere se casar para se dar conta de que o seu namorado não para em nenhum emprego ou sempre “inventa” que está trabalhando “por conta própria”. O curioso é que tudo o que ele escolhe para seguir dá errado. Alguns homens são oportunistas e nunca se dispõem quando o assunto é dinheiro, seja para pagar uma conta em um restaurante ou para algum projeto.

O apóstolo Paulo disse aos tessalonicenses: “Se alguém não quer trabalhar, também não coma (2 Tessalonicense 3.10). A mesma regra aplica-se aqui: se um homem não quer trabalhar, não merece casar com você.

7º O ciumento

Para algumas mulheres, pelo menos um pouquinho de ciúmes demonstra que o parceiro se importa realmente com elas. O problema é quando não existe equilíbrio e o rapaz passa a controlar cada passo, telefonema, mensagem, email da namorada e, em alguns casos, começa a colocá-la contra a família dela. Se há confiança e respeito no relacionamento, o ciúme não deve chegar a esse ponto. Se o seu namorado lhe faz constantes ameaças, analise se é isso que quer para o restante da sua vida.

8º O ignorante

Se o rapaz com quem você namora não demonstra ter domínio próprio e “explode” facilmente, seja com você ou com os outros, pense racionalmente. Ele tem um problema e, se vocês se casarem, você terá de navegar por esse campo minado todos os dias, evitando desencadear outra explosão. Homens agressivos machucam mulheres, verbalmente ou fisicamente. Procure um homem que seja gentil.

9º O “crianção”

Um estudo britânico revelou que os homens amadurecem aos 43 anos e as mulheres, aos 32. Além disso, 46% das mulheres já se sentiram como ‘mães’ de seus companheiros. Alguns homens estão parados no tempo e são superdependentes dos pais, mesmo passando dos 30 anos, não tendo muitas ou nenhuma responsabilidade em casa. Ou então, nunca se arriscaram em uma carreira profissional. Não se relacione com alguém que tenha menos maturidade que você.

10º O arrogante

Se o seu namorado aparenta ser “superespiritual”, mas no fundo é aquele tipo de pessoa que vive rebaixando você, faz comentários degradantes sobre mulheres ou menospreza suas habilidades, você acredita mesmo que ele irá valorizá-la depois do casamento? Alguns homens deixam os títulos falarem mais alto e se tornam arrogantes dentro e fora da igreja. Recue enquanto é tempo.

Será que vale a pena esperar?

Não existem homens ou mulheres perfeitos, mas há aquelas pessoas que reconhecem que precisam mudar e se esforçam para se aperfeiçoar a cada dia. A impaciência de muitas cristãs as tem empurrado para um casamento infeliz. Como o bispo Edir Macedo sempre aconselha, “é melhor que você, solteira, chore apenas aos finais de semana por sentir falta de alguém, do que chorar a semana inteira caso se case com a pessoa errada para você”. E não é mesmo? Reflita sobre isso.

Se você precisa de uma direção para a sua vida amorosa, participe da Terapia do Amor, uma reunião especial para cuidar do seu coração. Clique aqui para verificar o endereço de uma Universal mais perto de você.

Compartilhe essas dicas com as suas amigas solteiras, para que aprendam também. Deixe o seu comentário.

Comentários

Lembramos que este espaço é reservado somente para comentários referentes à matéria em questão. Somente comentários relevantes serão autorizados. Pedidos de oração e orientação podem ser feitos na página do Pastor Online: www.universal.org/pastoronline. Sugestões e reclamações podem ser enviados para redacao@sp.universal.org.br.

Nossas Sugestões

Nossas sugestões

x
Próximo