USA
 

Entenda e saiba como participar do Jejum de Daniel

Essa é a oportunidade que faltava para você ter novas e maiores experiências com Deus

O que poderá ser mais importante para você do que a sua própria vida? Nada. Mas por quê? Porque ela é, realmente, o centro da nossa existência. Porém, o que poderá nos dar essa vida? Somente e apenas o Espírito de Deus, que é o Espírito da Vida.

Só então é que passamos a ter a verdadeira vida, pois ganhamos uma nova mente e um novo coração, já que começamos a pensar como Deus pensa, a sentir como Deus sente e a agir como Deus agiria se estivesse no nosso corpo físico.

Então, prepare-se, programe-se, para que a partir do dia 29 de janeiro você mergulhe nesse jejum sagrado e santo, o Jejum de Daniel.

O que é o Jejum de Daniel?

O Jejum de Daniel é baseado no propósito descrito no capítulo 10 do livro de Daniel, na Bíblia. Por 21 dias, Daniel decidiu jejuar para buscar favor, sabedoria, e entendimento da parte de Deus.

Hoje em dia, entre as coisas que mais atrapalham a nossa comunhão com Deus estão as distrações—toda forma de entretenimento e informações seculares que nos bombardeiam o tempo todo. O Senhor Jesus costumava dizer “Quem tem ouvidos para ouvir, ouça.” (Mateus 13:9) É exatamente esse o propósito do Jejum de Daniel: abrir os nossos ouvidos para a voz de Deus.

Ouça o áudio abaixo para uma explicação completa sobre o Jejum — o que é e como participar:

É fácil?

Não, muito pelo contrário, se nunca realizou os 21 dias de jejum, vai exigir de você uma força sobre-humana, a vontade suprema de se separar, no decorrer de 21 dias, de tudo o que o tem prendido a este mundo e que não lhe permite “prender-se” a Deus.

Mas, com que intuito?

Esse jejum é o balanço, tão necessário, que devemos fazer da nossa própria vida, para analisarmos, refletirmos onde andamos a “gastá-la”. Sim, porque a vida tem um “prazo de validade”, e o que fazemos com ela pesa, ocupa espaço, tem consequências. Pois muitos têm gastado a sua vida no pecado, no erro, nas injustiças. E o que sobra? Se fizer as contas, poderá observar que está em débito, questionando-se: “Será Deus capaz de apagar o meu passado e fazer de mim uma nova criatura?”

Existe uma figura bíblica exemplar e que retrata bem essa Capacidade Divina: o apóstolo Paulo. Ele não nasceu cristão, fervoroso ou fiel a Deus. Muito pelo contrário. Conhecido como Saulo de Tarso antes da sua conversão, o seu principal “passatempo” era perseguir e matar os cristãos. E que transição foi essa que o fez passar de perseguidor a perseguido? A um dos apóstolos mais proeminentes do Cristianismo? O Espírito Santo.

Antes do Espírito Santo o preencher, Saulo consentiu na morte de Estêvão, atormentava a Igreja, entrava pelas casas, arrastava homens e mulheres e encerrava-os no cárcere (Atos 8.3). Ele não era apenas pecador, ele sentia e exteriorizava um verdadeiro ódio por tudo o que dizia respeito a Cristo.

“... Saulo, irmão, o Senhor me enviou, a saber, o próprio Jesus que te apareceu no caminho por onde vinhas, para que recuperes a vista e fiques cheio do Espírito Santo. Imediatamente, lhe caíram dos olhos como que umas escamas, e tornou a ver. A seguir, levantou-se e foi batizado (...) E logo pregava, nas sinagogas, a Jesus, afirmando que Este é o Filho de Deus. Ora, todos os que o ouviam estavam atônitos e diziam: Não é este o que exterminava em Jerusalém os que invocavam o nome de Jesus (...) ?” At 9.17.18;20.21

A conversão de Paulo mudou radicalmente o curso não só da sua vida como da fé cristã. Com as suas atividades missionárias e obras, Paulo colaborou para a libertação de pessoas sinceras, que eram escravas das crenças religiosas da sua época e das que surgiram ao longo da História da Humanidade por causa dos ensinamentos sobre a Vida e Obra de Jesus, a Sua morte e ressurreição.

O que eu posso e o que eu não posso fazer?

Dedicamos um artigo exclusivo com dicas de filmes, livros entre outras coisas que irá lhe ajudar a se envolver mais com as coisas de Deus. Confira aqui.

Essa é a sua oportunidade

Não se engane, pensando que 21 dias serão muito, porque participando ou não deste jejum, essas 3 semanas passarão. Mas, os que participarem com determinação e sinceridade, terminarão transformados, renovados, batizados com o Espírito Santo. Essa é a sua oportunidade.

Se você conhece alguém que diz crer e ser de Deus, mas a sua vida não revela Esse Deus Vivo, pois a sua existência está morta, apagada, convide-o a participar juntamente com você.

Além disso, proponha-se a convidar, motivar e ajudar duas pessoas a participarem com você nesse jejum, e vocês três se tornarão um no Espírito Santo, por meio da Unidade de Espírito.

Participe do Jejum de Daniel, para que o Espírito Santo venha a repousar sobre a sua vida e fazer de você a Sua morada.

De 29 de janeiro a 18 de fevereiro.

Se você já participou alguma vez do Jejum de Daniel, deixe um comentário contando suas experiências. Isso irá ajudar os que estão indecisos a descobrirem os grandes benefícios deste propósito.

Comentários

Lembramos que este espaço é reservado somente para comentários referentes à matéria em questão. Somente comentários relevantes serão autorizados. Pedidos de oração e orientação podem ser feitos na página do Pastor Online: www.universal.org/pastoronline. Sugestões e reclamações podem ser enviados para redacao@universal.org.br.

Nossas Sugestões

Nossas sugestões

x
Próximo